quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Melhore suas Fotos: HDR

Olá Pessoal!!! Hoje vamos falar sobre HDR. Poucas técnicas na fotografia dividem tanto a comunidade como o HDR. Alguns amam, outros acham um tremendo clichê. Independente disso, há de se convir que a técnica é muito usada por fotógrafos profissionais, afim de criar imagens mais dinâmicas e de alta qualidade. Por isso vamos conhecer um pouco mais afundo essa técnica no mínimo polêmica.

O Que é HDR?

A Técnica de HDR é feita por meio de diversas capturas de uma mesma imagem, cada uma delas com uma exposição diferente. Um objetivo comum do HDR é deixar visível todas as luzes na imagem, ultrapassando os limites de uma fotografia normal, realçando sombra e altas luzes.

Vamos considerar por exemplo, uma foto comum. Ela tem áreas bem claras (classificadas como altas luzes) e algumas áreas bem escuras (classificadas como Sombras). As câmeras em geral são limitadas para esse tipo de situação, pois se confundem na hora da sua medição, podendo escurecer as partes claras, e vice-versa.

O HDR serve então para fugirmos desse tipo de problema, tirando várias fotos em diversas exposições, todas as luzes ficarão visíveis depois de mesclá-las na pós produção, nos dando assim uma imagem mais dinâmica e com mais qualidade.

Muitas câmeras digitais já vêm com uma pré-configuração para disparos seguidos, também podendo ser alterados os níveis de exposição em cada clique. Na minha Canon T1 por exemplo essa configuração vai de 2 pontos a menos e dois pontos a mais da exposição escolhida, com 3 ou 5 fotos. Assim, vamos imaginar que iria tirar uma fotografia de uma praia num inicio de noite e a configuração usada fosse de f/11 com 1/250de velocidade, usando um brackceting de 5 fotos a camera faria na seguinte sequencia de exposições:

f/11 com 1/250 | f/11 com 1/125 | f/11 com 1/60 | f/11 com 1/500 | f/11 com 1/1000 

Como vêem, a configuração de abertura permanece intacta, e automaticamente a câmera compensa a velocidade com 2 pontos acima e dois abaixo, (Algumas câmeras podem dar mais opções de velocidades, variando um pouco de camera a câmera, mas lembre-se que os valores são sempre iguais em todo e qualquer modelo, como disse algumas cameras podem ter mais opções do que outras, como por ex. uma abertura de 1/250, 1/320, 1/400, 1/500 etc.) Abaixo temos um exemplo das diversas exposições numa só fotografia:



Quando se usa o HDR, é importante que você ajude a câmera a achar a exposição mais razoável, caso não saiba, use a câmera com o modo de prioridade apenas na velocidade e deixe que a câmera te ajude com a abertura, ajuste ISO, posição da câmera (que NÃO deve ser ALTERADA durante a captura), conheça seu equipamento bem, assim com certeza terá ótimos resultados, caso não conheça ainda sua câmera, não se acanhe o único jeito de fazer isso é clicando!!!

Analizando a imagem acima pode se ver que a parte mais escura da imagem são as árvores a esquerda, e a mais clara é o céu mais a direita, numa só foto seria difícil conseguir uma boa exposição em ambas as pontas, mas com o HDR se aproveitando das diferentes exposições isso é facilmente contornado conseguindo o resultado abaixo.





Para conseguir resultados cada vez melhores com HDR, é necessário treinar, clicar e experimentar, o software usado para mesclar as fotos foi o Adobe Photoshop, para achar facilmente o caminho basta ir em Arquivo/File, Automatizar/Automate, Mesclar HDR/Merge HDR, ao abrir a janela, escolha as fotos que deseja mesclar e pronto. Fácil!!!


Siga-me no Twitter ou Facebook
Gostou? Compartilhe com os amigos ou comente

Até a próxima e Boas Fotos!
Fonte: 
Photo Tuts by: Andrew Childress

Tradução e Adaptação: Alex Teixeira

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2010-2016 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil