domingo, 19 de fevereiro de 2012

A nudez submersa de Neil Craver


Na sua página pessoal, Neil Craver descreve-se curiosamente como um "condutor criativo de objetos", e polivalente, dedica-se à fotografia, à pintura e à escultura. 

A vertente fotográfica é a mais prestigiada e divulgada do seu trabalho, graças, sem dúvida, à sua belíssima série subaquática. As fotos, sob o título de Omni-Phantasmic, são, na verdade, um sólido projeto autoral em andamento e contam, inclusive, com um site próprio

Para quem tiver interesse, recomendo a leitura do Project Statement no site, particularmente, nunca vi um projeto tão bem delineado, além disso, o tema, tão bem descrito, é fascinante - claro, para quem se interessa pelas vias do inconsciente e pela linguagem simbólica.

As imagens de Craver têm uma beleza hipnótica, de canto de sereia. Os corpos, sempre femininos, sempre desnudos, causam dúvida: mergulham ou afogam-se? Não há resposta. Vida e morte se assemelham, submersas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2010-2016 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil