segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Photoshop x Lightroom! Qual usar?

Olá pessoal, estou muito feliz por estar estreando aqui no Resumo Fotográfico, e muito agradecida pelo convite do Cid.

Vou colaborar com o site escrevendo artigos sobre os softwares Photoshop e Lightroom. Para começar vou esclarecer a diferença entre esses dois grandes ajudantes de nossas fotografias. Sim, eu sou totalmente a favor da edição quando ela respeita o equilíbrio entre realidade e expectativa . É necessário ter bom senso, não exagere. E, claro, se você fotografa em raw, vai precisar do ACR (Adobe Camera Raw) ou do Lightroom...

Existe mesmo diferença entre Lightroom e Photoshop?

A resposta é sim, e é bem grande a diferença entre os dois. São dois aplicativos com objetivos distintos. O photoshop foi criado para editar imagens, ele permite um alto nível de processamento e controle do tratamento. Uso o photoshop há pelo menos 8 anos e pra mim não há queixas, exceto que como é um programa que trabalha diretamente nos pixels o resultado final tem perda de qualidade. Quanto mais necessidade de tratamento mais perda de informação no resultado. Se for tratamento leve perde pouca qualidade, mas perde do mesmo jeito. Se você precisar mexer em um arquivo que você já tratou anteriormente no Photoshop, vai continuar perdendo mais informações. Mas de um modo geral, eu amo o Photoshop e não sei viver sem ele (rsrsrsrsrs)!!!!


Junto ao Photoshop nós temos o Adobe Bridge (gerenciamento de arquivos) e o Adobe Camera Raw (tratamento de imagens em formato Raw). Dentre várias funções do Adobe Bridge, uma delas, a partir da versão CS4 é a WebGallery (falarei sobre essa opção mais detalhadamente em um dos próximos artigos), antes do CS4 essa opção encontrava-se dentro do próprio Photoshop e era mais limitada.


O Lightroom, é uma "espécie de fusão" entre o Adobe Bridge e o ACR (mais que isso, na verdade), sendo especificamente voltado para fotógrafos. Você organiza as suas fotos, processa os arquivos para impressão e também para web, podendo publicar em diversos endereços (flickr, facebook, photobucket, etc), pode criar uma Galeria de Imagens para publicar na Web, assim como no Adobe Bridge CS4 em diante. Temos ainda a geotagging do módulo Mapa, pode também editar e criar seu álbum livro fotográfico, editar vídeos e claro, como sempre fazer os ajustes finos nas suas imagens, podendo aplicar o ajuste em lote. Aqui você não perde qualidade de imagem, pode editar quantas vezes quiser a mesma imagem e a qualidade dela será preservada, pois os ajustes não acontecem diretamente na imagem.


Para quem fotografa em Raw e conhece o ACR não vai encontrar dificuldades com o Lightroom pois os dois se comparam quanto à maneira de edição das imagens. De um modo geral eu também amo o Lightroom e também não sei viver sem ele (rsrsrsrsrs)!!!!

Qual é o melhor? Aquele sobre o qual você tem conhecimento e sabe trabalhar suas imagens nele. Não adianta ter a última versão do aplicativo tão comentado e amado por muitos se você não souber trabalhar nele. Experimente, veja qual deles você se adapta melhor. Ou, melhor ainda, se for possível, use os dois.

É isso aí pessoal. Espero que tenha sido útil e nos encontramos na próxima semana. Enviem sugestões para os próximos artigos, comentem, compartilhem nas redes sociais e divulguem!

Até lá!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

15 comentários:

  1. Adorei Tatiane, Parabéns!!
    Apesar de trabalhar com o PS há bastante tempo, até hoje não me acho dominador o suficiente da ferramenta. Com o LR estou há menos de 1 ano, mas estou adorando também.

    Como sugestão para os próximos, seria legal falar sobre o fluxo de trabalho (Seleção de fotos, Edição basica, exportação e etc...)

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Geraldo, seja sempre bem vindo ao site.
      Pode deixar que já anotei sua sugestão e já entrou na lista para os próximos artigos!

      =D

      Excluir
  2. Parabéns pelo artigo!
    Sucesso sempre!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Tina!
      Muito sucesso para todos nós! :)

      Excluir
  3. Tatiane, parabéns pelo artigo.
    É sempre muito gratificante manter contato com tua escrita.
    Sucesso!

    ResponderExcluir
  4. Obrigada Tiago,
    é um prazer ter vc por aqui também!
    ^^

    ResponderExcluir
  5. Simples assim. Vc conseguiu ser brilhante, trazendo-nos uma informação de maneira clara e precisa.

    ResponderExcluir
  6. Creio que essa questão de perder ou não qualidade é um pouco mais complexa que isso. Portanto eu diria apenas que o PS modifica o arquivo original de forma permanente, ou seja, uma segunda edição será feita "em cima" da primeira.
    Já o LR (pelo pouco que conheço) preserva o original e aplica os controles de maneira diferente, num processamento à parte. Mas a imagem processada pelo LR (a exportada, não a original) perde qualidade da mesma maneira.
    Isso também é possível de ser alcançado no PS, com o uso de Adjustment Layers, por exemplo, no qual você pode controlar os ajustes a qualquer tempo (ou mesmo desabilitá-los. Ajustes em lotes também são possíveis pelo uso de Actions.
    A desvantagem do PS nesse caso é que para preservar o original (de fato) teríamos de manter 2 arquivos, um original e um PSD editável. Ou seja, o LR parece ser muito mais prático quando se trata de gerenciar, organizar e editar suas fotografias.

    ResponderExcluir
  7. Exatamente isso, muito bem colocado. No fim das contas, levando em consideração suas colocações, temos a mesma opinião. Grata pela presença e participação :)

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. A matéria não respondeu.. minha dúvida é a seguinte: Se vc conhece os 2 programas Lightroom e Photoshop. Os dois fazem as mesmas coisas? Existe algum que tem mais recursos que o outro? Capacidade de processamento de um é maior do que o outro? Existem desvantagens? Me desculpe mas pelo título de matéria, espera ter estas respostas..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pessoalmente, prefiro o PS, pois com ele eu consigo fazer tudo que o LR faz e muito mais. O LR, por outro lado, não consegue fazer tudo que o PS faz. A vantagem dele é que, por ser um programa especifico para a equalização de fotos, ele é muito mais leve, além de unir as funções de gerenciamento do Adobe Bridge.

      Excluir
  10. Pessoal. O PS 2015 já trás um filtro para tratamento em raw. Este filtro já é suficiente ou devo ignorá-lo e continuar tratando as fotos no ligh?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mauricio. Isso que você chama de "filtro", na realidade é um plugin chamado Camera RAW. Ele é anterior ao Lightroom e possui todas as suas funcionalidades de edição. A vantagem do LR, é que ele reúne também as funcionalidades de gerenciamento.

      Excluir

 
Copyright © 2010-2016 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil