domingo, 6 de janeiro de 2013

A jornada sentimental de Nobuyoshi Araki

Foto da série "My Wife Yoko", 1968-76, Nobuyoshi Araki.

O fotógrafo japonês Nobuyoshi Araki é um dos artistas mais profícuos da atualidade, com 350 publicações durante uma carreira que já se estende por mais de 40 anos. Araki tem em seu currículo desde incursões pelo cinema, como diretor, a multas e prisões por violar leis contra a obscenidade no Japão.

Sua vasta obra pode ser escrutinada sob muitas perspectivas, entretanto, gostaria de destacar o importante papel que sua esposa, a escritora Yoko Araki, teve em seu trabalho. Além de ter sido o primeiro corpo das suas cenas eróticas e o primeiro rosto de seus retratos femininos, Yoko foi a principal e mais expressiva modelo de Araki. A mulher mais amada. Durante a lua-de-mel do casal, Nobuyoshi fez uma série de registros íntimos que ficaram conhecidos como "Sentimental Journey". As fotos, em geral, retratam sua esposa em momentos cotidianos, há algumas em que os dois aparecem juntos. A nudez é recorrente, despreocupada.

Yoko faleceu em 1990 de câncer no ovário e, em sua homenagem, Nobuyoshi registrou seus últimos dias e guardou sua memória na publicação "Winter Journey". A morte de sua companheira causou uma mórbida guinada em seu estilo, que passou a abordar temas mais grotescos e sombrios, todos eles em uma constante reflexão sobre a sexualidade, a vida, a morte e como elas se entrelaçam.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

2 comentários:

  1. Ele é um dos fotógrafos entrevistados no documentário da BBC "The Genius Of Photography" sobre fotografia. A foto dela deitada no fundo do bote, cochilando, tirada na lua de mel, é linda.

    ResponderExcluir
  2. João, essa fase do trabalho do Nobuyoshi Araki em que ele retrata a mulher, feliz e depois definhando, é muito sensível. Dá para notar que sua obra ficou profundamente marcada por essa experiência.

    ResponderExcluir

 
Copyright © 2010-2016 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil