sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Jorge Molder no Museu do Chiado e Museu da Eletricidade


A Fundação EDP e o Museu Nacional de Arte Contemporânea - Museu do Chiado apresentam “Rei Capitão Soldado Ladrão”, uma exposição antológica de Jorge Molder, vencedor do Grande Prémio Fundação EDP/Arte 2010. A exposição inaugura dia 27 de novembro 2013, às 19h00, no Museu do Chiado, em Portugal.

No dia 5 de Dezembro, Jorge Molder inaugura no Museu da Eletricidade, “A Escala de Mohs”, onde são expostos os seus trabalhos mais recentes. Ambas exposições, comissariadas por João Pinharanda, são realizadas no âmbito da atribuição, a Jorge Molder, do Grande Prémio Fundação EDP / Arte 2010, o mais significativo prémio atribuído em Portugal na área das artes visuais que para além do valor pecuniário inclui a organização de uma exposição retrospectiva ou antológica da obra do artista premiado e edição do respectivo catálogo.

Criado em 2000, o Grande Prémio Fundação EDP / Arte é, actualmente, uma iniciativa trienal que distingue artistas portugueses com carreira historicamente relevante, desenvolvida em Portugal ou no estrangeiro, e cujo trabalho tenha contribuído para anunciar e afirmar as tendências estéticas contemporâneas. Desde a sua instituição, para além do artista que agora se apresenta nesta exposição e catálogo, foram já distinguidos Lourdes Castro, Mário Cesariny, Álvaro Lapa e Eduardo Batarda.

No Museu Nacional de Arte Contemporânea - Museu do Chiado reúne-se o mais extenso núcleo de obras desta dupla mostra de Jorge Molder, cerca 50 imagens fotográficas (seleccionadas das mais significativas séries das décadas de 1990 à actualidade), algumas projecções fixas e um diaporama construindo no seu conjunto uma nova narrativa de imagens que nos permite redescobrir a sua obra abrindo-a sempre a novos caminhos de interpretação. No Museu da Electricidade o artista mostra, pela primeira vez, a maioria das peças da sua mais recente série de trabalhos, “A Escala de Mohs”, onde a dimensão trágica do Ser e do seu Duplo, que caracteriza todo o seu trabalho, se revela em toda a sua extensão. 

Jorge Molder nasceu em Lisboa, em 1947. Vive e trabalhe em Lisboa.

Licenciado em Filosofia pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (1972). Recebeu o Prémio AICA/Portugal (2006-07) e o Grande Prémio Fundação EDP / Arte (2010). Foi artista convidado na 24ª Bienal de São Paulo (1994). Representou Portugal na 48ª Bienal de Veneza (1999). A sua obra está representada internacionalmente. Jorge Molder realizou a sua primeira exposição individual em 1977 e, desde então, tem efectuado numerosas exposições em galerias e museus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2010-2016 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil