domingo, 10 de novembro de 2013

O que há na bolsa de um fotógrafo da National Geographic?

As fotógrafas Jody Sugrue e Kate LaRue, colaboradoras convidadas do Proof - espécie de blog da National Geographic - criaram um projeto intitulado "Artifacts", que consiste em uma série de artigos com fotos sobre os itens físicos que têm significado para os fotógrafos no campo. Os itens são escolhidos, fotografados e descritos pelos próprios fotógrafos.

Artefatos de Van Houtryve

O fotógrafo da National Geographic Van Houtryve foi convidado a fazer parte do projeto e colocou para fora o que tinha na bolsa. Ele tirou um pouco de equipamento para equilibrar suas bugigangas e depois colocou tudo sobre um lençol em seu apartamento em Paris.



1. Certificado internacional de vacinação: Eu tenho sido vacinados contra tudo que se possa imaginar, mas eu ainda consegui pegar febre tifóide em uma viagem ao Nepal.

2. Livreto auxiliar de uma turma de formação para ambientes hostis: Passei uma semana em um campo inglês com soldados aposentados das forças especiais britânicas, aprendendo a lidar com campos minados, negociar através de postos de controle armados e manter a calma em uma situação de reféns.

3. Câmera de brinquedo: Feita à mão com latas de cerveja cubana Bucanero, por um vendedor de rua em Havana, que se veste como Papai Noel durante todo o ano. Quando você pressiona o obturador a tampa abre e um rosto sorridente salta para fora.

4. Impressora Polaroid PoGo: Ótima para fazer pequenas impressões em campo diretamente da câmera. Vou usar as impressões para agradecer sujeitos ou adicioná-las em meu diário.

5. Cachecol khata branco: Dado por um Rinpoche no Nepal. Ele simboliza a pureza e compaixão. Manteve-me seguro enquanto cobria a guerra civil no Nepal, então vou continuar a viajar com ele .

6. Capa de passaporte de couro da República da Kalmykia.

7. Estatueta de Gandhi para inspiração e um boneco de brinquedo cordas que me faz lembrar do meu filho.

8. Estatueta de porcelana de uma camponesa francesa: Pela tradição francesa, se por acaso você tem a fatia de torta com uma bugiganga dentro, você é coroado rei da festa.

9. Estatueta de pano de uma mãe peruana e seu filho.

10. Câmera digital Ricoh GXR com uma lente Leica 50 mm da década de 1950.

11. Cartões de segurança de voo de algumas companhias aéreas duvidosas: Incluindo a Air Koryo da Coréia do Norte, a malfadada Air Cosmic do Nepal, e um cartão da Cubana, da velha aviação soviética Yak- 42  .

12. Câmera digital Leica M, com uma lente de 35mm: Provavelmente 85 por cento das fotografias em meu portfólio foram tiradas com uma lente de 35mm fixa.

13. Cartão de imprensa NGM e um cartão com o nome da minha agência de fotografia.

14. Isqueiro Mao Zedong: Eu não fumo, mas eu achei isso tão brega e estranho que comecei a colecionar outros isqueiros diferentes ​​durante minhas viagens. O camuflado é da base militar dos EUA na Baía de Guantánamo, Cuba.

15. Rosário de madeira: Me foi dada por um dos meus alunos da oficina na China.

16. Pulseira de prata do Nepal.

17. Pulseira Santeria  vermelha e branca de Cuba.

18. Dois cadernos Moleskin: Um deles é para legendas e entrevistas, o outro é um diário pessoal .

Fonte: Proof

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

1 comentários:

 
Copyright © 2010-2016 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil