quarta-feira, 23 de julho de 2014

Exposição projeta imagens que refletem cultura afro-brasileira

Mirian Fichtner

A exposição "Corpo-imagem dos terreiros", em cartaz na Galeria Acervo da Caixa Cultural, em Brasília, apresenta obras de fotógrafos que voltam suas lentes para o corpo cultural dos terreiros. As imagens da mostra contextualizam o universo simbólico desses territórios disseminadores de valores e tradições de origem africana. Com curadoria da fotógrafa e pesquisadora Denise Camargo, a coletânea tem um eixo dedicado a Pierre Verger, Mario Cravo Neto e José Medeiros, além de obras de artistas de todo o país.

Doutora em Artes (Unicamp), Denise dedicou as últimas duas décadas de sua vida à pesquisa da identidade cultural brasileira, sempre realçando a negritude explícita do País que, paradoxalmente, tem sido ofuscada há mais de 500 anos. A curadora observa que o espaço expositivo de Corpo-imagem dos terreiros pretende ampliar tanto a experiência estética, quanto o saber dos visitantes. “O Brasil tem a cultura africana em sua essência e os terreiros guardam a nossa história”, aponta. A pesquisadora recorda também que a dinâmica do tempo, do espaço e as condições encontradas aqui fizeram com que os negros recriassem algumas tradições com novas cores, ritos e sabores, dando origem às religiões afro-brasileiras. “Os terreiros preservam essas ancestralidades e memórias, imprimem as marcas da formação e diversidade étnica brasileira, mas são encarados com certo estranhamento e preconceito em nosso País”, lamenta.

A curadora, no entanto, acredita que a arte é capaz de soltar algumas amarras históricas. “Corpo-imagem dos terreiros fala para aqueles que estão abertos ao conhecimento e ao belo”, sugere. As fotografias da mostra são apresentadas por meio de projeções em diferentes suportes, combinadas a trilhas que fazem releituras das sonoridades geralmente associadas ao tema. “As imagens são acompanhadas de textos que oferecem informações capazes de desconstruir versões e visões estereotipadas”, adianta.

Fazem parte da mostra os artistas: Adenor Gondim, Andrea Fiamenghi, André Vilaron, Amanda Oliveira, Ayrson Heráclito, Bauer Sá, Cristina Cenciarelli, Eustáquio Neves, Fer D’Andrade, Fernanda Grigolin, Fernanda Procópio, Fernando Fogliano, Guta Galli, Guy Veloso, Laila Santana, Léo Guma, Luiz Paulo Lima, Luiz Alves, Marcello Vitorino, Márcio Vasconcelos, Marisa Vianna, Miriane Figueira, Miriam Fichtner, Nélson Sebastião, Nívio Alves de Souza, Paulo Rossi, Peterson Azevedo, Ricardo Teles, Rita Ruiz, Tacun Lecy e Vantoen Pereira Jr.

Programação diversificada

Corpo-imagem dos terreiros terá ainda programas de acessibilidade (visitas para públicos deficientes visuais); de mediação cultural (visitas para grupos); de exibição das projeções em Taguatinga, Ceilândia e Brazlândia, para aproximar o bem cultural ao público do Entorno.

Mediadores acompanham as visitas para escolas, grupos e públicos especiais, por meio de agendamento prévio. Está prevista uma oficina de formação para educadores, com a finalidade de contribuir com conteúdo para atender a lei 10.639/03, que exige o ensino da história e cultura africanas no currículo escolar, em especial nas áreas de Artes, Literatura e História.

O projeto é patrocinado pelo Fundo de Apoio à Cultura, Secretaria de Cultura do Governo do Distrito Federal (FAC), na modalidade Difusão e Circulação e tem o apoio da Caixa Cultural. Corpo-imagem tem como contrapartida duas oficinas, uma ministrada pela cenógrafa Eneida Sanches - Concepção e Montagem de Exposições Multimídia - e outra com a curadora Denise Camargo com o tema “O que move em nós, a fotografia?”.

SERVIÇO

Exposição Corpo-imagem dos terreiros
Data: até 3 de agosto
Horário: terça-feira a domingo, das 9h às 21h
Local: Caixa Cultural Brasília – Galeria Acervo – SBS Quadra 4 Lotes 3/4, Brasilia - DF
Informações: 61 3206-9448/ 61 3206-9449
Entrada Gratuita

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2010-2016 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil