sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Fotografia de Peter Lik é vendida por 6,5 milhões de dólares


Na última terça-feira (11), a fotografia "Phanton" de Peter Lik foi vendida por 6,5 milhões de dólares a um colecionador particular, tornando-se a fotografia mais mais cara da história. A imagem quebrou o recorte alcançado pela obra "Rhein II", do fotógrafo alemão Andreas Gursky, leiloada em 2011 por 4,3 milhões de dólares.

"Phanton" é uma representação em preto e branco da fotografia icônica de Lik, "Ghost". A imagem realizada no Antelope Canyon, nos Estado Unidos, mostra um feixe de luz do sol iluminando grãos de areia suspensos no ar. Misteriosamente, o jogo de luz e poeira criou uma silhueta similar a de uma figura humana, lembrando um fantasma.

Lik é reconhecido por sua abordagem artística na fotografia de paisagem, capturando sempre cores vibrantes. Seu uso de imagens em preto e branco é algo raro. "Certas texturas e contornos encontrados na natureza se prestam muito bem para a fotografia em preto e branco", disse. "A intensidade da luz contrastando com os espaços escuros foi surpreendente, mas serviu para uma das imagens mais poderosas que já criei".

Na mesma ocasião, Lik também vendeu outras duas fotos: "Illusion" por US$ 2,4 milhões e "Eternal Moods", por US$ 1,1 milhão.

Fonte: PR Newswire (via Galileu)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2010-2016 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil