segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Dúvida do leitor: Como criar um fotolivro?

O leitor Alex Lemos, do Rio Grande do Sul, manifestou seu interesse em transformar suas fotos em um fotolivro e enviou um e-mail pedindo nossa ajuda:

"Gostaria de transforma as minhas fotografias em um lindo livro para comercialização!" 
"Invisible City" de Ken Schles
Hoje em dia, publicar um fotolivro já não é mais uma exclusividade dos grandes fotógrafos. As novas mídias têm ampliado as possibilidades de publicação e de captação de recursos, permitindo que os autores passem por cima dos intermediários. Até mesmo alguns fotógrafos renomados, têm optado pela autopublicação.

1. Seleção de conteúdo

A criação de um fotolivro começa pela seleção do material. Se estamos falando de algo comercial, é importante ter um conteúdo interessante, seja para um público em geral ou mesmo para um nicho específico. Para isso, deve-se considerar a relevância conceitual, a originalidade e o apelo estético da seleção de fotos, fazendo uma escolha coerente.

É possível fazer uma coletânea da carreira do fotógrafo, de sua atuação em uma determinada área ou de um projeto específico ao qual tenha se dedicado durante um determinado período. É comum, acompanhando o trabalho fotográfico, a publicação de textos, sejam eles narrativos a respeito do projeto ou com liberdade literária, como poemas relacionados à mesma temática. Caso o fotógrafo não tenha habilidade literária, pode ser interessante criar uma parceria ou contratar um escritor ou jornalista.

2. Formato

A escolha do formato é o passo que antecede a editoração e que vai determinar todas as etapas seguintes, levando em consideração as opções que o meio escolhido proporciona. Tratando-se de um fotolivro, temos duas opções: a publicação impressa e a digital. Hoje em dia, é muito popular a escolha de livros eletrônicos (ebooks). A grande vantagem desse formato é a ausência de custos na sua publicação, facilitando a transmissão do conteúdo.

"Back to the Future" de Irina Werning


3. Editoração

A editoração consiste no processo de editar e diagramar o conteúdo em uma paginação agradável à leitura e coerente com o conceito do projeto. O ideal é contratar um profissional para essa parte, caso o fotógrafo não tenha conhecimento dessa área do design.

4. Publicação

A publicação, tratando-se de livros impressos é a parte mais difícil, devido ao alto custo. Uma solução para quem não dispõem de orçamento ou patrocínio, são sites como o Blurb, que permitem que qualquer pessoa publique e coloque a venda seu livro, seja em formato digital ou impresso. A grande vantagem é que não é necessário qualquer investimento a priori, pois cada livro é impresso por demanda.

Outra alternativa para custear a publicação impressa, que está em alta atualmente, é a utilização de sites de financiamento coletivo, como o Catarse e o Kikante. O fotógrafo publica o seu projeto detalhado, com orçamento e prazo necessário para realizá-lo e as pessoas interessadas em adquirir o livro fazem a compra através do site. Caso o orçamento seja alcançado, é feito o repasse do valor. Caso contrário, o projeto é cancelado e o investimento dos apoiadores estornado.


Tem alguma dúvida a respeito de equipamentos, técnicas ou conceitos relacionados à fotografia? Envie uma mensagem para contato@resumofotografico.com.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2010-2016 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil