segunda-feira, 11 de julho de 2016

Fotógrafo registra cotitiano de tribo Xavante nos dias atuais


Em julho do ano passado, o fotógrafo e biólogo de Guarulhos, Rubinho Cohen, viajou mais de mil quilômetros de carro até Nova Canarãra, no Mato Grosso, para documentar o dia a dia de uma Aldeia Xavante, nas Terras Indígenas Wédezé.

Através do programa "Estratégia Xavante", um adolescentes da tribo é encaminhado para formação acadêmica em grandes centros urbanos. Foi assim que Cohen conheceu um dos integrantes dessa tribo. "Estudei com, o hoje Cacique, Tsétetó Siruapi, por três anos em colégio interno. Ficamos e somos muito próximos até hoje, suas histórias me fascinavam e sempre tive o interesse e o convite de visitar sua Tribo, conhecer seu povo de perto."

Com o objetivo de mostrar as interferências do homem branco, o fotógrafo conta que passou por uma série de dificuldades. "Uma das maiores dificuldades foi a adaptação do nosso conforto, sair da caixinha...", conta. "Outra dificuldade, como fui de carro, dirigindo, foi o grau de abandono das estradas quando se sai de São Paulo, sem comentários, sem fiscalização, segurança, nada, absolutamente nada, apenas crateras."

Cohen destaca ainda a situação difícil em que os índios vivem hoje. "Muita terra mas nenhuma estrutura para gerar subsistência. Hoje, vivem longe dos grandes rios, foram pra mais perto das cidades e bairros mais populosos, com hospitais e escolas mais próximos de suas ocas, acreditam que podem viver melhor", analisa o fotógrafo. "Acredito que vivi o momento exato da transição de suas escolhas, algumas tribos tem luz elétrica e querem mais; oca de alvenaria, banheiro, tv, carros... outras querem o tradicional; palha, banho de rio e banheiro no mato..."

Veja baixo alguns de seus registros:








Para conhecer mais sobre o trabalho de Cohen, acesse: www.rubinhocohen.com.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

2 comentários:

  1. Um delicioso contra ponto entre os costumes e as tentações da modernidade.
    Entre olhos e cotidianos, Rubinho consegue registrar com sensibilidade e inocência uma transição sem retorno. Continuamos distribuindo espelhos...
    Apreciem...
    Carlos Salgado

    ResponderExcluir

 
Copyright © 2010-2016 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil