quinta-feira, 21 de julho de 2016

Mostra fotográfica inaugura nova galeria no Rio de Janeiro

A exposição “Todo mundo é de todo mundo,” propõe uma troca de lugares entre os nove artistas, no qual cada um assume o papel do outro por trás das lentes.

Nova galeria no Rio abre as portas com trabalhos inéditos de Walter Carvalho, Ana Carolina Fernandes, Anna Kahn, Ana Dalloz, Fábio Seixo, Kitty Paranaguá, Marco Antônio Portela, Paulo Marcos M. Lima e Thiago Barros (Divulgação)

No próximo dia 23 de julho, sábado, será inaugurada a Galeria Oriente. Ambientada no endereço onde funciona o Ateliê Oriente, conhecido por ser um espaço que sempre promoveu e estimulou a criação fotográfica, a nova Galeria de Arte do Rio de Janeiro será um lugar para expor trabalhos que tenham a fotografia como seu principal suporte.

Além dos cinco sócios da casa, Ana Dalloz, Kitty Paranaguá, Marco Antônio Portela, Paulo Marcos M. Lima e Thiago Barros, foram convidados a integrar o quadro fixo da galeria os fotógrafos Ana Carolina Fernandes, Anna Kahn, Fábio Seixo, e Walter Carvalho. Indo da fotografia documental à arte contemporânea, a Galeria Oriente pretende expor as diferentes expressões fotográficas e ainda abrir espaço para novos talentos.

A exposição que marca a abertura da galeria será a “Todo mundo é de todo mundo”, um trabalho que propõe uma troca de lugares entre os nove artistas, no qual cada um assume o papel do outro por trás das lentes. Cada um deles produziu um trabalho como se fosse um dos outros. Mais do que uma brincadeira, é uma homenagem entre si inspirada no trabalho “Ninguém é de ninguém,” de Rogério Reis, fruto da investigação do artista de como a relação dos fotógrafos com os fotografados no espaço público mudou nas duas últimas décadas. Amigo e vizinho no prédio da rua do Russel, onde mantém seu estúdio, Rogério mostra no anexo 1 da Galeria uma foto desta conhecida série durante o mesmo período. O texto curatorial da exposição é de Diógenes Moura.

“Felix Nadar abriu as portas de seu estúdio/galeria em 1874 para os pintores impressionistas como Monet, Cezanne, Pizarro, Degas entre outros exporem seus trabalhos. Um gesto nobre que marcou a história da arte. Allen Ginsberg fez a famosa leitura do seu poema Howl em 1955 na Galeria Six em São Francisco e mudou a cara da cultura no mundo inteiro. Em outros pontos do universo das artes algumas galerias, livrarias e até restaurantes como o La Coupole em Paris, como o Café de Flore onde intelectuais como Jean-Paul Sartre, Albert Camus, Pablo Picasso se encontravam para falar de filosofia e arte. Lugares de encontros e de movimentos artísticos icônicos da história. A Galeria Oriente é lugar de encontrar, de expor, lugar de espiar, um lugar para se conspirar pela fotografia. A galeria é um ponto de confluência que aponta para um viés promissor, diz entusiasmado Walter Carvalho, um dos representados da nova galeria, que terá o trio Ana Luiza “Luli” Prudente, Adriana Braga e Mônica Angeleas à frente do negócio.

Kitty Paranaguá

Ana Carolina Fernandes

SERVIÇO

Exposição “Todo mundo é de todo mundo”
Abertura: 23 de julho (sábado), de 16h às 20h
Exibição: de 24 de julho a 13 de agosto
Horário: de segunda à sexta das 14h às 20h e sábado das 10h às 12h ou agendamento
Local: Galeria Oriente – Rua do Russel 300/ 401 – Glória
Informações: (21) 34 95 38 00 | contato@atelieoriente.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2010-2016 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil