sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Exposição do projeto "Moradores" é vandalizada em Ipatinga

A mostra foi criada como proposta de ocupação urbana pela valorização da memória e da identidade cultural da cidade

Wenderson Godoi/Facebook/Reprodução

A exposição do projeto “Moradores – A Humanidade do Patrimônio Histórico”, montada há pouco mais de uma semana no Parque Ipanema, em Ipatinga (MG), amanheceu vandalizada. Nas imagens publicadas no Facebook por Wenderson Godoi, é possível ver que algumas das fotos expostas em grandes formatos foram pichadas, enquanto outras foram rasgadas e completamente destruídas.

“Temos de lamentar e tentar entender qual é a juventude que está vindo aí. Vida que segue, pois não vamos perder o desejo de levar longe a nossa bandeira: mostrar para as pessoas que a história delas é o maior patrimônio que podem ter”, comentou no Facebook o jornalista Gustavo Nolasco, integrante do coletivo Nitro, um dos responsáveis pelo projeto.



Entre as manifestações na rede social, a grande maioria repudiou a ação, enquanto outros destacaram a importância de refletir sobre a representação da população diante de uma exposição pública. “Uma exposição em público não deve ser intocada mas vivenciada, experimentada, sentida. Até que ponto as fotos escolhidas representam os moradores?”, questionou Adilson Mariano.



O Projeto

Moradores – A Humanidade do Patrimônio Histórico” foi criado em 2012 pelo coletivo Nitro + Alicate, de Belo Horizonte. Já passou por onze cidades brasileiras, registrando mais de 2.000 histórias de moradores e suas relações com as cidades onde moram. O projeto tem como objetivo “despertar no morador o orgulho de ser patrimônio de sua cidade”. Por ser uma ação de Educação Patrimonial, tem o apoio do Instituto Estadual de Patrimônio Histórico e Artístico (Iepha) e foi realizado com patrocínio da Usiminas, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2010-2016 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil