sexta-feira, 17 de março de 2017

Mostra em São Paulo reúne cartões postais antigos

Estúdio Reutlinger, Paris, 1900/1915

Em 2017 a FASS comemora 10 anos de existência e passa a chamar-se Utópica, apresentando a exposição Romance Postal, 49 cartões postais produzidos entre 1900 e 1915, com curadoria de Rubens Fernandes Junior. Quem visitar a mostra poderá ver imagens de mulheres, casais, famílias e objetos da iconografia romântica, com tratamentos de pós-produção únicos: intervenções em aquarela, alto e baixo relevos, além de colagens e outros incrementos. Os cartões postais foram a primeira manifestação da fotografia no formato múltiplo e grandes tiragens. Feitos para serem efêmeros e descartáveis, ganharam sobrevida quando tornaram-se objetos colecionáveis - marco de épocas passadas, da moda, do design e dos estúdios fotográficos em um primeiro tempo, quando foram produzidos, e de um segundo tempo, quando foram circulados.

A exposição aborda também a intimidade, interessando destacar não apenas a importância desse veículo de comunicação, que circulava livre e universalmente, mas chamar a atenção para alguns aspectos da comunicação cifrada romântica, aquela que apenas os interlocutores compreendiam. O cartão postal foi a primeira iniciativa que trazia alguma transparência para o mundo da intimidade, dado que era lido por todas as mãos que o manipulavam: carteiros, na origem e no destino; funcionários dos correios e centros de distribuição; porteiros; donos de hospedaria; parentes. Num momento em que a visibilidade e a transparência da comunicação determinam o quanto somos reconhecidos nos diferentes grupos em que atuamos, não deixa de ser interessante pensar no velho cartão postal como uma mídia aberta, com imagem e texto, hoje substituídos pelas redes sociais. “Operar nos interstícios é sempre algo que buscamos quando invadimos a intimidade de uma correspondência.”, diz o pesquisador e curador da mostra Rubens Fernandes Junior.

Romance Postal

Os 49 postais em exibição tem autorias diversas. No auge da cartofilia, estúdios tornaram-se referência não só pela qualidade técnica das reproduções mas também pela diversidade e riqueza de criação. A mostra destaca alguns para mostrar sua produção e circulação, como Paul Boyer (1861-1908), reconhecido na história da fotografia, pois inventou o uso do magnésio para o flash; Estúdio Reutlinger, que iniciou a utilização de máscaras, tipos gráficos, fotomontagem, o estilo art nouveau nos cartões postais e trouxe muita criatividade para o universo da cartofilia; K.F. Éditeurs, na verdade Künzli Fréres Éditeurs, através de Carl Künzli que manteve estúdios em Zürich e Paris simultaneamente; e Paul Nadar (1853-1939) filho do famoso fotógrafo francês Félix Nadar.

 
Waléry [esq] e Estúdio Reutlinger, Paris, 1900/1915

SERVIÇO

Exposição "Romance Postal"
Abertura: 18 de março de 2017, de 11h às 17h
Exposição: de 21 de março a 22 de abril de 2017
Horário: de terça a sexta, das 11h às 19h; sábado, das 11h às 17h
Local: Utópica - Rua Rodésia 26, São Paulo
Informações: (11) 30377349 | info@utopica.photography
Entrada franca

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2010-2017 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil