quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Os retratos femininos da fotógrafa Kate Barry


"Permitir que alguém tire sua foto envolve um grau de confiança que eu não tenho", disse a fotógrafa Kate Barry. Você pode até não conhecer seu nome, mas mesmo que ela já não esteja mais conosco, Barry ainda é adorada no mundo da moda, da música e do cinema. A artista britânica fotografava para a Vogue, Elle, Paris Match, Le Figaro Madame e outras editoras bem estabelecidas, e seu estilo distinto fez seus retratos parecerem cheios de sensualidade e realistas.

Kate Barry cresceu em uma família cercada de excentricidade e fama. Eles pertenciam a uma parcela da burguesia socialite da aristocracia moderna de Paris, mas ela - ao contrário daqueles que a rodeavam - colocou-se atrás da câmera e não na frente dela.

"Foi uma coisa milagrosa para mim, a imagem apareceu quase imediatamente. Durante muito tempo, eu não percebi que a fotografia era uma profissão, antes era sempre apenas um jogo."

A artista contou que para ela a fotografia se trata de capturar o que os outros não vêem. "Um dos meus amigos de fotografia sempre fala sobre 'fazer' uma foto que não 'tirar' uma - mais aplicável a ele, pois ele usa filme e um quarto escuro - mas ainda assim, trata-se de tirar o que já está lá e criar uma ótima imagem a partir daquilo."

A depressão e o vício eram comuns em sua vida. "Por muito tempo, minha câmera era uma defesa contra a melancolia que senti." Infelizmente, a depressão acabou consumindo a fotógrafa, que saltou da varanda de seu apartamento parisiense em 2013.



















Fonte: Bored Panda

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2010-2018 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil