sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Fotógrafo registra as paisagens do Ártico por 10 anos


"Arctica: The Vanishing North" é um livro que retrata dez anos de intensas viagens ao extremo Norte, realizadas pelo fotógrafo Sebastian Copeland, trabalho que lhe rendeu o título de Fotógrafo do Ano no Tokyo International Foto Awards 2016. Com mais de 8.000 km sob seus esquis nas regiões polares, durante a realização de seu projeto Copeland passou por situações que vão desde tempestades de furacões, até ser atacado por ursos polares.

Uma camada de gelo é uma entidade poderosa, viva e dinâmica. Tem até 3 milhões de anos e sua massa está constantemente se mexendo, finalmente chegando ao mar, formando formas impermanentes e efêmeras. No coração do gelo, profundo e longe da civilização, são as variações na cobertura da nuvem ou os detalhes do terreno que fornecem as oportunidades fotográficas únicas do Ártico. O baixo ângulo do sol combinado com um espectro de cores listradas cria imagens monocromáticas de uma dura luz fria e sombras. No alto do planalto, o gelo ocasionalmente assumirá padrões sistemáticos alinhados com os ventos dominantes.

"Para o observador casual, o gelo pode parecer um mundo sem vida e branco. Com nada além de céu e matéria congelada por meses, a monotonia visual pode parecer insuportável. Mas eu posso dizer honestamente que não há dois dias parecidos. (...) Essa pesquisa me deu uma perspectiva mais profunda das variações sutis que ocorrem nas mãos das mudanças climáticas. As imagens que trago de volta contam a história de um ambiente em mudança que se parece muito com nós mesmos: desafiador, frágil e fugaz."








Fonte: Tokyo Foto Awards

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2010-2018 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil