domingo, 8 de abril de 2018

As curvas distorcidas das mulheres de André Kertesz


André Kertesz (1894 –1985), nascido Kertesz Andor, foi um fotógrafo húngaro conhecido por suas contribuições inovadoras à composição fotográfica e por seus esforços em estabelecer e desenvolver o ensaio fotográfico. Durante sua carreira, que durou mais de 70 anos, Kertesz ganhou inúmeros prêmios por suas realizações na fotografia.

A série “Distortions”, de 1933, apresenta vários nus femininos como resultado de um dos muitos experimentos que Kertesz realizou com distorções através do espelhamento em vários materiais. A consciência de Kertész sobre como distorções de formas naturais poderiam criar padrões abstratos e confusos, porém muito interessantes, surgiu quando ele fotografou um nadador, em 1917.

A série surgiu em um curto espaço de tempo, durante a primavera, e foi uma das poucas vezes em que Kertész trabalhou em um estúdio – seus campos preferidos de produção eram ruas, parques, locais públicos. As fotos foram tiradas com uma câmera de grande formato e a ajuda de 3 espelhos.










Artigo publicado originalmente no site iPhoto Channel.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2010-2018 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil