terça-feira, 24 de abril de 2018

Câmera Polaroid modificada imprime fotos em papel térmico


Criada pela Mitxela, esta câmera usa o corpo de uma Polaroid Sonar Autofocus 5000 para unir uma webcam, uma impressora térmica e um computador Raspberry Pi Zero no seu interior. O resultado é uma câmera digital instantânea que imediatamente imprime suas fotografias em papel térmico - o tipo de papel em que recibos de compras são impressos.

O projeto envolve um bom corte, solda, fiação e programação, meticulosamente detalhados no guia passo-a-passo da Mitxela sobre como construir. Todo o processo foi preenchido com um pouco de tentativa e erro, mas quando tudo foi dito e feito, funcionou. E funcionou perfeitamente, como se fosse assim que a câmera Polaroid tivesse sido projetada para operar o tempo todo.



Como explicado no vídeo acima, a câmera usa uma webcam de três dólares como olho, capturando a cena através da lente da Polaroid. Quando o obturador da Polaroid é pressionado, uma captura de tela da webcam é processada pelo Raspberry Pi Zero antes de ser enviada para a impressora térmica. Enquanto imprime, o papel é alimentado na mesma área em que uma impressão Polaroid normal seria expelida.

A quantidade de trabalho que entrou no projeto é evidente na limpeza da câmera, mesmo depois de todos os cortes, solda e colagem. Do lado de fora, a câmera ainda parece quase idêntica à original. Tudo está empacotado dentro da Polaroid Sonar - ela pode até mesmo ser inicializado externamente através do posicionamento inteligente da porta serial, que está oculto embaixo de onde as barras de flash são colocadas ao fotografar com filme instantâneo.

Para ver dezenas de fotos de todo o processo de construção, acesse o site da Mitxela.

Fonte: DPReview

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2010-2018 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil