sexta-feira, 22 de junho de 2018

Fotógrafa retrata os sobreviventes da Guerrilha do Araguaia


Entre 1970 e 1974, em pleno regime militar no Brasil, ocorreu na divisa entre Goiás (hoje Tocantins) e Pará, a Guerrilha do Araguaia, movimento que acreditava semear a revolução a partir do campo. Foram aproximadamente 79 mortos/desaparecidos e apenas 20 sobreviventes. Um dos momentos mais representativos desse período permaneceu na penumbra por mais de 20 anos.

Na série "Sobre o Véu da Guerrilha", a fotógrafa Mariana Capeletti revela os camponeses do Araguaia que sofreram cruelmente as consequências da guerrilha. Dentre as diversas formas de refletir sobre memórias de sofrimento e lutar pela construção de uma memória, a fotografia aparece como ferramenta para pensar sobre luto, memória e identidade.










Fonte: Medium

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2010-2018 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil