terça-feira, 12 de junho de 2018

Série do canal Curta apresenta releituras de fotos históricas


Nesta terça-feira (12), a partir das 23h30, o canal Curta estreia a série “Instantes Cruzados”, que vai apresentar imagens emblemáticas da história da fotografia no Brasil e propor sua releitura pelo olhar de fotógrafos contemporâneos. Em tempos em que as imagens são reproduzidas milhares de vezes por olhares cruzados nas redes sociais, esta série documental para a televisão se propõe a redescobrir a magia que a arte da fotografia traz em si, desde a sua origem, resgatando, para tanto, as técnicas mais rudimentares.

A cada episódio, Milton Guran, apresentador da série, convidará um fotógrafo consagrado fazer uma imersão na história da fotografia do Brasil. Partindo de uma imagem célebre eles irão revelar mais sobre a obra do autor original da imagem, o contexto de produção da foto escolhida em relação à obra de outros artistas e analisar a produção do período. Além disso, os fotógrafos convidados terão que enfrentar um desafio: reproduzir a foto ícone do episódio segundo critérios de técnica e abordagem determinados pela produção do programa.

Para realizar essa tarefa, os convidados terão que mergulhar nos segredos da velha arte fotográfica, redescobrir a importância de uma paisagem, recuperar máquinas abandonadas, reviver a história e o drama dos personagens originais e outras peripécias. Entre erros e acertos, a única certeza é que o resultado final será surpreendente. A cada episódio, passado e presente se conectam em uma nova foto, produzida especialmente para o programa.

Foletto - A força do Fotojornalismo

No primeiro episódio da série, Milton Guran vai falar sobre a força do fotojornalismo no Brasil e o impacto que ele traz para a sociedade, através do trabalho de Evandro Teixeira, jornalista que trabalha a fotografia como um ato político de indagação e denúncia do que acontece no país. Marcia Foletto, fotojornalista há 27 anos, é a convidada para dialogar sobre este tema.

Marcia produziu “Manifestante”, a partir da foto “Passeata dos Cem Mil”, registrada por Evandro em 1968, no Centro do Rio de Janeiro. “De uma imagem geral que registrou a luta pelo fim da ditadura, parti para um detalhe, um olhar um tanto sem esperanças de um jovem que hoje vai para a rua mascarado. A ideia foi marcar pela diferença dos 50 anos que separam as duas fotos”, diz Marcia.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2010-2018 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil