sexta-feira, 19 de junho de 2015

A inscrição é gratuita, mas se ganhar... vai ter que pagar!

Na última semana, compartilhamos na nossa página do Facebook uma postagem da Editora Photos a respeito do “Concurso Nacional Novos Fotógrafos”, organizado pela Vivara Editora.

A princípio, parecia ser um ótima oportunidade para novos fotógrafos interessados em divulgar seus trabalhos. Nos dias seguintes, no entanto, fomos alertados por alguns leitores de que uma das clausulas do regulamento impõe que os vencedores comprem 10 dos livros publicados pela editora! Em outras palavras, qualquer pessoa pode participar gratuitamente, mas os vencedores terão que pagar.

Diante desta questão, vale a pena refletir sobre até onde esse concurso serve para premiar uma obra fotográfica e quando passa a ser uma oportunidade de venda de livros para seus organizadores. O assunto gerou polêmica e, após diversas reclamações na página do Portal Photos, a publicação sobre o concurso acabou sendo retirada do ar.

Nós entramos em contato com a organização através do e-mail disponibilizado no site do concurso e a resposta não poderia ser mais genérica. Segundo representante da Vivara Editora, “o edital foi idealizado para o bom funcionamento do certame, envolvendo publicação e distribuição da obra. Os valores previstos em edital são os necessários para a publicação e envio de uma obra desta natureza.”

Fica aí a pergunta para os pretensos participantes: Vale a pena entrar em um concurso em que quem paga o "prêmio" é você?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

6 comentários:

  1. Olá. Há duas semanas já ,tinha visto o edital. Para mim isso é "aso de polícia". Pior ainda é ver que poucos se atreveram a questionar os termos do edital. estou neófito na fotografia, sempre garimpando concursos. O que a Editora Photos publica é uma piada que desmerece os profissionais que atuam na área.

    ResponderExcluir
  2. Li o edital, aceitei os termos e me inscrevi. Ao ser classificado adquiri 12 livros, sabe como é, família grande... Todo o certame ocorreu de forma legítima e transparente, recebi os meus exemplares antes da data limite. Uma edição primorosa com belíssimas imagens. O Brasil precisa de mais iniciativas como esta. Souza Leão, Forte Orange, página 137.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo o que não precisamos é de vendas mascaradas de "prêmios". Onde já se viu? O seu "prêmio" é comprar o livros.

      Excluir
    2. Como derivação do concurso, haverá a exposição itinerante das fotografias classificadas.

      Excluir
  3. Souza, fã da sua produção fotográfica e da editora Photos. Em 2015 participei do Prêmio Urbs Brasil 2015, infelizmente a minha fotografia não foi classificada. Não participei do concurso 2016, pois, não soube da sua realização. Entrei em contato com a publicação através da Biblioteca da UFF, setorial de Comunicação. Como profissional da fotografia, devo dizer que as imagens foram selecionadas com o devido critério, adorei a metáfora visual da "Forte Orange", espero um dia chegar neste nível. Gostei especialmente das 20 primeiras imagens selecionadas, algumas contra a luz me impressionaram.
    Fotografia é a nossa paixão pela arte e pela técnica, quem sabe numa outra oportunidade, uma composição minha faça parte da obra. Minhas saudações, Mirandinha.

    ResponderExcluir
  4. Mirandinha, agradeço os elogios. Agora que possuo o seu e-mail, lhe manterei informado dos concursos da Vivara e outros. "Caminhante não há caminho, se faz caminho ao andar...", Antonio Machado. Miranda, a sua paixão pela fotografia lhe levará aonde deseja chegar. Abraço Fraterno

    ResponderExcluir

 
Copyright © 2010-2016 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil