terça-feira, 14 de junho de 2016

Gabriel Medina é indenizado em R$ 100 mil por uso indevido de imagem

Surfista moveu processo contra a Nestlé por imagem utilizada em publicidade da marca de achocolatado Nescau

Processo destaca campanha envolvendo Gabriel Medina (Foto: Reprodução/ TJSP)

O processo que o surfista Gabriel Medina moveu contra a Nestlé por uso indevido de imagem resultou em uma indenização de R$ 100 mil para o atleta. Após decisão favorável ao surfista em primeira instância, as partes entraram em acordo e definiram o valor. O acordo foi selado na segunda quinzena de abril deste ano.

No processo, a ESPN também foi envolvida. Isso porque a empresa tem parceria com a Nestlé para a produção de conteúdos esportivos. Assim, a indenização de R$ 100 mil foi dividida entre Nestlé e ESPN. Cada uma pagou ao surfista R$ 50 mil.

A Nestlé, por meio de nota, destacou que o caso foi finalizado com acordo entre as partes envolvidas. A ESPN também se posicionou por meio de nota e afirmou que "por políticas da companhia, a ESPN não comenta o status de ações envolvendo a empresa no âmbito jurídico".

O processo foi aberto após circular na internet uma campanha publicitária do achocolatado Nescau com a imagem de Gabriel Medina. Além de o surfista não ser patrocinado pela Nestlé, ele tinha a Ambev como patrocinadora. A Ambev é responsável pela produção do achocolatado Toddy, concorrente do Nescau. Por isso, a defesa de Gabriel Medina tinha pedido também uma indenização por danos morais.

do Globo Esporte

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2010-2016 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil