quinta-feira, 22 de novembro de 2018

O mundo secreto dos telhados de Hong Kong



O fotógrafo Romain Jacquet-Lagrèze vive em Hong Kong há cerca de dez anos e sua fotografia se concentra em documentar a cidade. Em seu mais recente trabalho, "Concrete Stories", Jacquet-Lagrèze foca suas lentes nos telhados dos arranha-céus de Hong Kong, em particular aqueles edifícios antigos localizados no centro da cidade. “A cultura vernacular das pessoas que vivem em um ambiente tão extremamente urbanizado pode ser descoberta através de todas essas pequenas histórias que formam uma maior, um registro de como as pessoas usam o espaço disponível em uma cidade apertada”, diz o fotógrafo.

“Esta série é um testemunho do estilo de vida nestes edifícios antigos, onde o telhado geralmente não é trancado e acessível por todos os habitantes. Esses telhados são um pouco como pátios, mas em grandes alturas." De acordo com Jacquet-Lagrèze, esses edifícios estão sendo rapidamente derrubados para dar lugar a estruturas mais modernas e maiores. "Como esses novos prédios são feitos com acabamento de luxo, eles elevam os preços dos imóveis, tornando inacessível que pessoas humildes permaneçam no distrito em que viviam”, diz ele.

Também é menos provável que edifícios mais modernos tenham um teto aberto e de livre acesso, o que significa que o desaparecimento desses apartamentos mais antigos também pode significar menos espaços verdes em uma metrópole movimentada e poluída. As imagens de Romain costumam mostrar jardins minuciosamente cuidados, crianças brincando, roupas penduradas para secar e pessoas relaxando ao sol - cenas animadas que contrastam com a arquitetura ao redor.


Em "Concrete Stories", Jacquet-Lagrèze pretende retratar espaços pessoais em vez de pessoas em si. As pessoas que aparecem em suas imagens tendem a ser vistos de muito longe, aparecendo apenas como figuras minúsculas diminuídas pelos edifícios maciços ao seu redor, ou então são fotografadas por trás, absorvidas em sua jardinagem ou um cochilo à tarde. Esta foi uma decisão consciente de Jacquet-Lagrèze para evitar invadir a privacidade de alguém. Mas, em última análise, a série questiona quanta privacidade se pode esperar nos espaços públicos de uma cidade lotada como Hong Kong. Até mesmo um espaço que parece muito pessoal e oculto, como o terraço, pode ser mais público do que privado.

O projeto estará em exibição na Blue Lotus Gallery, em Hong Kong, de 12 a 16 de junho de 2018. A série também será publicada como uma versão impressa na Asia One Books, que já publicou três dos álbuns de Jacquet-Lagrèze, bem como aclamado trabalho do fotógrafo urbano Michael Wolf.













Fonte: Format Magazine

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2010-2018 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil