quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Sets básicos para uso de flash - Parte 1

Olá Pessoal! Hoje vamos falar sobre fotografia de retrato, dessa vez mostrando, 10 dicas de iluminação para ótimos retratos, com o uso de apenas uma sombrinha e um flash. Talvez você não tenha dinheiro (como muitos) para comprar vários e vários equipamentos de iluminação, ou talvez você apenas ache mais simples ter mais de um flash, talvez você goste de desafios. Qualquer que seja a situação, você pode produzir direrentes sets de luz usando apenas um flash. Então abaixo vamos ver primeira parte de um tutorial de como montar e aplicar essas luzes.

Equipamento recomendado

Para completar esse tutorial você vai precisar de usar os seguintes equipamentos:
  • De preferência uma câmera DLRS, com lentes entre 24 e 85mm, as mesmas usadas nas fotos abaixo. 
  • Um flash TTL que possa ser ajustado manualmente, e um tripé com adaptação para mantê-lo imóvel na hora da foto. 
  • Algo para disparar o flash diretamente da câmera, seja um cabo de sincronismo ou um sistema de rádio compatível com o flash usado 
  • Uma sombrinha 2 em uma, isso quer dizer que ela possa ser tanto difusora quanto rebatedora de luz, daquelas que o fundo preto pode ser removido 
  • Uma coisa que não foi usada nesse tutorial mas pode vir a calhar é um rebatedor, não muito grande já que falamos de retratos.

Externas e Internas

Esse tutorial foi feito usando duas técnicas, balançando a luz do flash com a luz do sol em ambiente externo e usando apenas a luz do flash nos ambientes internos. Contudo você pode balancear a luz do flash com a luz ambiente nas fotografias feitas internamente. Isso não foi feito nesse tutorial mas vale a pena testar. Sendo assim, vamos começar com os cliques externos. Vamos usar a luz do sol, preenchendo a foto com a ajuda de apenas um flash.

Ex: 01 - Simples luz de preenchimento

Nesse primeiro exemplo, está de manhã e o sol brilha do lado esquerdo da modelo. Você pode reparar que metade de sua face está com sombras bem demarcadas, o que pode resultar numa fotografia um tanto estranha. O plano de fundo está chamando muita atenção por conta da iluminação lateral e tira atenção da modelo. Veja na primeira foto (do making of), que usamos um flash simples sem modificações de sombrinhas difusoras ou refletoras, e está apontando diretamente para a modelo.

Para usar o flash corretamente você precisa encontrar a exposição certa da luz ambiente. Feito isso, diminua a exposição em 1 f/stop e programe seu flash para compensar. Isso fará com que o fundo fique mais escuro, porém a cerca estará igualmente iluminada porque como o flash está a uma certa distância da modelo, ilumina por igual a mesma área próxima a ela.

Devido a luz do sol que estava iluminando diretamente a modelo e do flash direcionado para o lado menos iluminado da cena, obtém-se uma luz bem suave. Essa técnica é super fácil e facilmente conseguida com um pouco de treino, para aqueles que veem, pode parecer que a modelo está em uma parede pintada, é um efeito muito legal.


Ex. 02 - Luz dos olhos

Neste exemplo você vai ver que a luz foi posicionada mais atrás da modelo. O sol mais uma vez vai atuar como luz principal e o flash vai ser usado apenas para os olhos. "Luzes de Aro" são usadas para dar aquele efeito de olhos brilhantes, apenas ao contrário do retrato acima, nada de subexpor o fundo. O que será feito é diminuir a intensidade do flash para que ele não interfira muito na iluminação da cena e apareça apenas como Luz de aro, deixando os olhos com o efeito esperado.

Tome cuidado com cabelos e rosto. Mesmo o flash estando um pouco distante, mais a direita (olhando do ponto da câmera) os dois podem ficar brancos (superexpostos). Mas como o flash está mais atrás da modelo e não está posicionado diretamente, a luz aparecerá mais nos olhos. Repare também na cerca no primeiro plano da foto e na silhueta da moça (lado esquerdo).

Ex 03 - Luz difusa de Rembrandt

Luz de Rembrandt é quando a luz está posicionada a 45 graus ao lado e acima do modelo, muitas das pinturas de Rembrandt foram feitas usando essa técnica, por isso o nome dessa iluminação, que é também usada na fotografia.

Para a imagem abaixo foi usada uma sombrinha rebatedora, o que faz com que a luz seja mais direcionada. Em contra partida a deixa também mais fraca. Por isso, o flash precisa ser colocado tão próximo à modelo. Repare também como a luz ambiente está bem suave, como num fim de tarde.

Você pode ver que apesar de fraca, a luz dol ilumina todo o lado esquerdo da modelo, mas isso porque mais uma vez o sol é nossa luz principal, mas com o flash iremos preencher todas as sombras, e também corrigir toda a iluminação da cerca perto dela.

O sol nos dá uma luz fantástica no cabelo da modelo, e um tom quente em suas pernas, mas o mesmo não acontece muito no seu rosto, por conta da luz do flash. Para isso basta achar a exposição correta para a fotografia, tire a medida mais ao lado direto da modelo, depois use uma exposição dobrada no flash, mas que a luz seja um pouco mais forte, eliminando o tom quente, não por completo, mas o suficiente para manter o tom original da pele da modelo, vá fazendo testes com o flash caso o dobro seja demais até achar a exposição que mais lhe agrada.


Ex. 04 - Luz de cabelo

Quando estiver usando o Sol como fonte principal de luz, você geralmente usará a luz auxiliar de seu flash, como "Luz dos Olhos" ou uma Luz de preenchimento, como nos exemplos acima, além disso ainda existe a possibilidade de usar o flash como uma luz apenas para os cabelos. Como pode ver na foto abaixo que o Sol brilha forte no rosto da menina fazendo com que ela fique com o rosto mais fechado, seu rosto e sua pele estão bem avermelhados, achando o ponto certo de exposição da sua pele e cabelos, apontamos o flash em direção a sua cabeça, só que dessa vez usando uma sombrinha difusora ao invés da rebatedora.

Foi usada a sombrinha difusora pois nessa fotografia era mais necessária uma luz mais suave e "expandida", repare na foto abaixo que a luz no cabelo é branca mas não agressiva a composição da foto, pois ficou mais marcada no cabelo e espalhada em outras direções. Como pode ver o resultado é uma luz bem suave e sem o tom avermelhado na pele da moça, pois foi balanceada com o flash.

Não perca a segunda parte do artigo em que vamos falar sobre sets para uso interno!

Fonte: Photo Tuts Plus  por Cameron Knight
Tradução e adaptação: Alex Teixeira

Siga-me no Twitter ou Facebook
Gostou? Compartilhe com os amigos ou comente
Até a próxima e Boas Fotos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

1 comentários:

 
Copyright © 2010-2016 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil