quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Smartphones podem substituir câmeras?

Foto: Thinkstock / Reprodução
A revista Veja divulgou no final da semana passada em seu site, uma matéria com o resultado de uma pesquisa conduzida pela NPD Group - empresa especializada em pesquisas de mercado - afirmando que mais de um quarto das fotos e vídeos produzidos nos Estados Unidos são feitos através de um aparelho smartphone. A pesquisa aponta ainda que as câmeras fotográficas compactas estariam sendo gradativamente substituídas pelos aparelhos de telefonia móvel.

Analisando os dois ultimo anos, constatou-se que o número de fotos capturadas através de um smartphone passou de 17% para 27%, entre 2010 e 2011. No mesmo período as vendas de câmeras fotográficas não profissionais (leia compactas) caíram 17%.

artigo da Época Negócios, sobre a mesma pesquisa, sugere que os telefones móveis estariam se aproximaram das câmeras básicas devido ao aumento na resolução em megapixels de alguns aparelhos, como o Samsung Galaxy S2 e iPhone 4S. Esse aspecto no entanto ignora a qualidade das lentes e dos sensores, que são fundamentais para a qualidade da imagem.

De acordo com a NPD, embora os recursos dos smartphones sejam ainda limitados, com objetivas ineficientes pouca potência de flash, a qualidade é considerada suficiente pela maioria dos usuários. Talvez seja aí a grande questão: A maioria das pessoas talvez não se interesse tanto pela qualidade fotográfica, privilegiando a praticidade de não ter que carregar uma câmera além do celular. 

Não existem dados sobre esse mercado no Brasil ou em outras partes do mundo, mas parece, no entanto uma tendência global.

E você, o que pensa disso? Participe da enquete abaixo e deixe sua opinião.


Enquete

Os telefones móveis podem substituir as câmeras compactas no dia a dia?

Sim. A qualidade de alguns aparelhos tem se aproximado das câmeras compactas.
Não. A qualidade das câmeras compactas ainda é muito superior e seu uso faz falta.
Talvez. Em alguns casos a definição não é tão importante.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

5 comentários:

  1. Para muita gente a praticidade de ter um aparelho só para muitas coisas, inclusive para fazer fotos, é muito importante.

    Muitos leigos não usam o zoom das câmeras compactas, e elas já ligam em grande angular. A combinação dos dois olhos das pessoas criam o campo de visão da grande angular, e é isto que as pessoas querem, o campo de visão, e parece que muitos fabricantes sabem disto. Poucos leigos percebem a distorção que a grande angular faz, e nem a sensação alterada de perspectiva. Aliada com a preguiça, falta de conhecimento técnico, de como usar a sua câmera etc, os leigos costumam fotografar em grande angular mesmo, e no máximo se aproximam da cena ao invés de usar o zoom (E assim entram na frente de quem sabe o que está fazendo quando vão fotografar a mesma cena.). Neste aspecto, o celular com uma grande angular já atende.

    Leigos usam como parâmetro de qualidade a quantidade de pixels, e não conhecem muitos outros parâmetros de qualidade (ruído, sensibilidade, faixa dinâmica etc). Tem vezes que até percebem diferenças, mas em geral nem sempre é de forma consciente. Então, um celular com uma câmera de alta resolução, mesmo que não muito boas, já atende bem.

    Muita pouca gente não compra um celular com câmera pensando na câmera em si. Compram pensando em muitas coisas, mas ter câmera é legal: "Vou passar a ter uma câmera comigo o tempo todo". E como tem uma câmera na mão, por que não fotografar? Então, assim aumenta a quantidade de fotos tiradas por celular.

    Se já tenho uma câmera no celular, por que vou andar com uma câmera, se acho que não vou ficar tirando fotos? Então alguns nem compram uma compacta, contando com a câmera no celular. Então, assim aumenta a quantidade de fotos tiradas por celular.

    Um pensa "Eu gosto de tirar fotos de vez em quando, mas carregar uma câmera, um celular etc, por que não compro um celular com câmera que resolvo tudo em um aparelho só?". Estes acabam comprando um celular mais caro, e não compram a câmera. Então, assim aumenta a quantidade de fotos tiradas por celular.

    Se notar, a quantidade de explicações para o fato relatado pela pesquisa é enorme. Na realidade, são alguns fatores, mesmo que poucos, que permitem que este fato aconteça, mas fazem com que aconteça de muitas formas diferentes, em um somatório enorme de formas diferentes.

    ResponderExcluir
  2. Não tenho dúvidas de que se não substituir pelo menos vai aumentar e muito o uso de telefones inteligentes para se fotografar, principalmente retratos em lugares públicos, onde as pessoas por estarem distraídas não percebem que estão sendo fotografadas. A questão não é a qualidade da fotografia e sim a oportunidade de se flagar o comportameno humano de maneira mais próxima da real.

    ResponderExcluir
  3. E sem ter seguranças te seguindo como um potencial criminoso e dizendo que não pode fotografar.

    ResponderExcluir
  4. Enquanto ainda houver gente que se recuse a usar um trambolho como telefone os smartphones não vão substituir completamente as câmeras compactas.
    A questão da praticidade é forte, mas há também a questão da usabilidade de aparelhos grandes na orelha - além de serem por vezes mais pesados, ainda "encaixam" menos na orelha e têm uma pegada meio ruim para serem usados para seu fim primordial (ou o que seria a finalidade primordial).

    Fora que a contradição das marcas quererem afinar e diminuir os aparelhos e ao mesmo tempo proporcionar mais fotos, com mais megapixels em sensores minúsculos só resulta em imagens ruins, e é questão de tempo até que o público em geral comece a perceber que é melhor pegar uma boa compacta pra fazer fotos do que usar smartphones.

    ResponderExcluir
  5. Para engrossar o caldo, sugiro a leitura do artigo de André Teixeira no site da Photo Magazine, onde ele dá suas impressões sobre o uso dos iPhones e seus aplicativos dentro da fotografia.

    ResponderExcluir

 
Copyright © 2010-2016 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil