segunda-feira, 7 de maio de 2012

Dicas para fotografar no Zoológico

O fotógrafo australiano Darren Rowse, editor do Digital Photography School, fez uma visita ao zoológico e publicou uma série de dicas para quem quer praticar esse tipo de fotografia.

Zoológicos são locais excelentes para a prática da fotografia pois apresentam uma grande variedade de temas (animais e as pessoas assistindo-os), mas também com alguns desafios reais. Algumas das coisas que você precisa superar para a obtenção de ótimas fotos em um zoológico incluem:

Distância - o espaço entre o fotógrafo e animal;
Movimento do objeto - os animais raramente ficam no mesmo lugar por muito tempo;
Iluminação - as folhagens e fotografar interior/exterior pode ser um desafio;
Jaulas e vidro - enquanto muitos jardins zoológicos estão melhorando na maneira como conter seus animais, proporcionando-lhes um ambiente mais naturais cria-se o desafio de fotografá-los sem as distrações dos reflexos de vidro ou sombras das barras das jaulas.

Equipamentos

Que equipamentos que você precisa para obter boas fotos em um zoológico? A resposta a esta pergunta pode variar um pouco de fotógrafo para fotógrafo, dependendo de seu estilo, o tipo de fotos que se quer obter e o tipo de zoológico que está visitando - no entanto, uma lente zoom longa será quase sempre útil.

Câmera / Objetivas - Isso significa que você tanto precisa de uma DSLR com uma objetiva fixa com distância focal longa ou uma teleobjetiva (algo com um comprimento superior a 200-300mm provavelmente seria útil) ou uma point and shoot com uma lente superzoom (provavelmente um Zoom Ótico 12x 10-). Considere também a tomar uma lente macro. Alguns jardim zoológicos possuem recintos onde elas são úteis (um borboletário, por exemplo).

Tripé - Considere também um tripé ou monopé (dependendo do tempo e como a luz estiver, você provavelmente vai descobrir que em alguns recintos de animais precisa usar baixa velocidades de obturação, o que significa que você precisa de estabilidade extra).

Para-sol - a combinação de fotografar no exterior, com ângulos limitados (o que significa que às vezes você precisa atirar em direção ao sol) eque às vezes você vai fotografar através do vidro significa que um para-sol pode ser útil.

Dicas para fotografar no Zoológico

1. Pontos de Interesse - Antes de começar a fotografar um animal você deve se perguntar "o que há sobre este animal que me interessa?" O que atraiu você para fotografá-lo? Seria a sua cor, seu humor, sua expressão ou é algo sobre seus arredores? A razão para estas perguntas é que elas ajudam a identificar potenciais pontos de interesse para a sua imagem (algo que vai levar a sua foto ao próximo nível) e irá ajudá-lo a determinar a forma de abordá-la.

2. Fazendo Close - como em muitos estilos de fotografia, se você é capaz de chegar perto de seu assunto, é possível criar um sentimento de intimidade com ele e captar detalhes que de outra forma não seria capaz. Claro que com os animais em jaulas isto um desafio e para chegar perto, quase sempre é necessário um comprimento focal mais longo (você pode, naturalmente, ajudar um pouco, clicando o mais perto que você puder - sem quebrar as regras do zoológico). Fazer cortes do rosto do animal ou do corpo ajuda a criar uma foto com um impacto real, mas também ajuda a eliminar quaisquer elementos de distração.

3. Concentre-se nos Olhos - os olhos são a "janela para a alma" em fotografia de retrato e uma coisa semelhante acontece quando se fotografa animais. Obtenha os olhos em foco e em posição de destaque em sua foto e você vai criar uma conexão mais pessoal entre o sujeito e o espectador da sua imagem.

4. Abaixe-se - fotografar um animal abaixo de seu nível é outra maneira de criar um senso de proximidade e intimidade com o assunto. Isso pode significar que você precisa ficar de joelhos (e ficar um pouco sujo ou parecer um pouco bobo) mas dá um bom resultado.

5. Eliminando Reflexos - fotografar através do vidro é um verdadeiro desafio e algo a ser evitado, se puder. Se você não pode contorná-lo chegue perto do vidro, dê uma limpeza com um pano (ou manga) para se livrar de impressões digitais, encontre um local com menos arranhados, use uma capa de lente e/ou a sua mão para tentar eliminar qualquer reflexo e tente fotografar em ângulo reto com o vidro. Se você não puder eliminar os reflexos, pode também tentar trabalhar com eles. Dê alguns passos para trás e incorpore os reflexos de quem assiste os animais na foto (difícil - mas se você acertar  pode fazer uma grande foto). 

6. Fotografando através das jaulas - não há nada pior do que tentar fotografar através dos arames ou barras de uma jaula. Em algumas ocasiões você vai ser capaz de encontrar uma maior abertura (procure por lacunas maiores ao redor dos portões), mas quando você tem que fotografar através de jaulas chegue o mais próximo possível delas, use uma distância focal maior, escolha uma abertura maior e espere que o animal se mova para trás da jaula. Em muitos casos, quando você fizer isso você não vai nem perceber a distração da gaiola. Mas e se você estiver usando uma "point and shoot" sem controle sobre a abertura? Tente mudar para o modo retrato que é uma modalidade que utiliza uma abertura ampla e deve restringir a profundidade de campo.

7. Fotografe pessoas - falando de pessoas - elas também são um grande assunto quando no zoológico. Não se concentrar apenas nos animais, mas olhe para as reações maravilhosas daqueles ao seu redor, como eles reagem aos animais (que às vezes podem ser mais animados do que os animais).

8. Procure por situações engraçadas - os animais fazem coisas muito engraçadas. Mantenha a câmera na altura dos olhos para aquele momento em que o macaco apontar para você, a girafa cutucar o nariz com a língua (desculpe - elas fazem isso) ou quando o Emu enfia a cabeça através da gaiola para roubar algo da bolsa de alguém.

9. Trate os animais como assunto em movimento - para superar o problema de seus assuntos sempre estarem em movimento, considere fotografar com uma velocidade rápida do obturador. Você pode mudar para o modo de prioridade do obturador a uma velocidade rápida ou deixe sua câmera fazer o trabalhar no modo 'Esportes'. Você também pode fotografar em modo de disparo contínuo de maneira que quando o assunto estiver em movimento você capture uma sequência de fotos rapidamente uma após a outra.

10. Planeje o seu dia - Eu sou uma pessoa bastante espontânea, mas quando se trata de fotografia aprendi que vale a pena pensar à frente. Quando você chegar ao zoológico arranje um mapa e descubra quais animais vão estar em sua lista. Observe também as vezes em que a alimentação é pública (elas podem proporcionar alguma cena de ação). Você pode também encontrar um guarda do zoológico e perguntar quais  momentos certos animais são mais ativos. Outra boa estratégia é ir até a loja de presentes do jardim zoológico e dar uma olhada rápida em seus cartões postais e livros de imagens que possam lhe dar um pouco de inspiração e algumas idéias sobre bons ângulos de diferentes animais. 

11. Paciência - ocasionalmente, você vai tropeçar em um animal na pose perfeita para uma foto quando você vê-lo - mas em muitos casos você terá que esperar por ela. Depois de escolher os animais que você deseja capturar dê longos períodos de tempo para acampar em seus recintos. Dessa forma, você vai vê-los em uma variedade de posições e com diferentes expressões. Isto é o que muitas vezes leva as fotografias de zoológico para o próximo nível. 

12. Pense sobre o contexto - a beleza da fotografia de zoológico é que você começa relativamente perto dos animais (algo que é obviamente difícil na natureza). O desafio é que o ambiente não é natural e que em muitas ocasiões haverá elementos de distração no fundo ou primeiro plano. Sempre que possível tente fotografar de ângulos onde elementos naturais estão incluídos (vegetação etc) - mas onde há distrações você pode tentar usar grandes aberturas (pequenas quantidades), com profundidade de campo restrita ao primeiro plano e o fundo fora de foco. Além disso, tente cortar com a distância focal (ou mais tarde em casa com photoshop).


Tradução: Cid Costa Neto

COMUNICAR ERRO
COMENTÁRIOS
Facebook
0 Google

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2010-2014 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Rua da Bahia, 1148, sala 740 - Belo Horizonte, MG