domingo, 13 de janeiro de 2013

O único retrato de Tolstói

Lev Nikoláyevich Tolstói, mais conhecido em português como Liev ou León Tolstói 

No início do século XX, o famoso escritor russo León Tolstói recebeu uma carta do fotógrafo Serguéi Mijáilovich Prokudin-Gorskii com o pedido para fotografá-lo utilizando sua nova técnica; Prokudin-Gorskii também era químico e foi um dos pioneiros mundiais nas descobertas e avanços da fotografia em cores. 

Um trecho da correspondência enviada pelo fotógrafo ao escritor:
A fotografia em cores naturais é minha especialidade e é possível que você já tenha encontrado meu nome por casualidade em alguma impressão. Na atualidade, depois de muitos anos de trabalho, tenho sido capaz de conseguir excelentes amostras de imagens em cores verdadeiras. Minhas projeções, com lâminas em cores, são conhecidas tanto na Europa como na Rússia.

Hoje, que o processo de fazer fotografias usando meu método e minhas placas requerem de dois a três segundos, eu gostaria de lhe pedir permissão para fazer-lhe uma visita por um ou dois dias (tendo em conta seu estado de saúde e as condições climáticas), para que eu possa fazer fotos de você e de sua esposa...

A meu ver, reproduzindo a sua imagem em cores verdadeiras e aos arredores, estarei prestando um serviço ao mundo inteiro. Essas fotografias são eternas - não se alteram. Nenhuma pintura pode alcançar resultados parecidos.

Em 1908, dois anos antes de sua morte, León Tolstói é retratado por Prokudin-Gorskii em Yásnaya Polyana, sua famosa propriedade. Embora Prokudin-Gorskii tenha feito mais de 10.000 fotos ao longo de sua carreira, na qual se dedicou ao registro da vida russa, sobretudo a arquitetura e as diferenças étnicas, sua foto mais conhecia é a de Tolstói, que permaneceu como a única fotografia colorida do escritor. 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

2 comentários:

 
Copyright © 2010-2016 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil