quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Fotos Históricas: A morte de Vladimir Herzog


No dia 25 de outubro de 1975, o aluno do curso de fotografia do Instituto de Criminalística da Academia de Polícia Civil de São Paulo, Silvaldo Leung Vieira, então com 22 anos, realizava uma das imagens mais marcantes para a história do Brasil: a foto do corpo do jornalista Vladimir Herzog, pendurado por uma corda no pescoço, numa cela do Centro de Operações de Defesa Interna (DOI-Codi), um dos principais órgãos de repressão da ditadura.

Dezessete dias depois de iniciar o curso, Silvaldo foi levado até o local com a orientação de registrar um encontro de cadáver, pensando se tratar de um treinamento. Quando chegou ao DOI-Codi, a cena do suposto suicídio já estava montada. Em uma cela, o corpo pendia de uma tira de pano atada a uma grade da janela; as pernas estavam arqueadas e os pés encostados no chão.

"Tudo foi manipulado, e infelizmente eu acabei fazendo parte dessa manipulação", disse. "Ainda carrego um triste sentimento de ter sido usado para montar essas mentiras".

Depois de três anos na função, Vieira largou o trabalho no IC e mudou-se para Los Angeles, nos Estados Unidos, abandonando a fotografia. Ele ficou 15 anos sem voltar para o Brasil.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2010-2016 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil