quinta-feira, 23 de julho de 2015

Pichadores destroem obras de fotógrafo em galeria de arte



Pichadores destruíram seis obras do fotógrafo “Choque”, de 29 anos, expostas na Galeria Crivo, na Vila Madalena, Zona Oeste de São Paulo. Na tarde de terça-feira (21), os pichadores levaram um funcionário para o fundo da galeria e impediram que ele reagisse. O prejuízo material está avaliado em R$15 mil.

Choque fotografou pichadores em ação por quatro anos, e há cinco anos não fotografa mais sobre o tema. “Me pegou de surpresa porque é um trabalho de muitos anos que nunca teve problema nenhum”, disse o fotógrafo ao G1. Suas fotos estão no documentário “Pixo”, de João Wainer, e já haviam sido expostas na Bienal de São Paulo.

Foram pichadas expressões como “a rua não precisa de você”, xingamentos como “impostor”, “safado” e a frase “Guigo eterno”, em referência a um pichador que morreu em 2010 ao cair de um prédio na Avenida Rebouças.

Choque estava filmando a ação, e gravou a queda de Guigo. Ele acredita que o ataque a suas obras possa ter relação com esse vídeo. O grupo Pixo Manifesto Escrito (PME) assumiu a autoria do ataque, e, em nota enviada à revista Vice, falou sobre o fotógrafo: "Ele faz uso comercial desse vídeo. A família do Guigo tinha pedido para não ser publicado".

O fotógrafo contesta a acusação. “Como eu vou lucrar com aquilo? Alguém morrendo. É um absurdo”. Ele também disse que a divulgação dos vídeos está sempre ligada com expressões artísticas e arte urbana, e que nunca “estará em um comercial da Nike, por exemplo”.

Choque disse que o ato foi “um discurso fascista, um ataque de ódio, um ataque moral”. O artista ainda disse que estaria aberto ao diálogo se as coisas não fossem tratadas dessa forma. "O fato de ser anônimo impede o diálogo... Quem quiser conversar, eu converso”. No entanto, ele disse que o ataque “não é um diálogo no campo da arte, é um ataque de censura”.

Assista à matéria do SPTV que foi ao ar nesta quinta-feira.

Do G1 São Paulo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2010-2016 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil