quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Inhotim permite que visitantes fotografem dentro das galerias

Todo fotógrafo, profissional ou amador, ao visitar um museu ou galeria já se deparou com o famigerado aviso de "proibido fotografar". No começo desta semana no entanto, o Centro de Arte Contemporânea Inhotim, localizado em Brumadinho, Região Metropolitana de Belo Horizonte, passou a permitir que visitantes fotografem dentro das galerias:


A liberação das fotos dentro das galerias aconteceu na segunda-feira (3), com a presença de 14 usuários do Instagram, que passaram o dia registrando o parque vazio. Eles foram convidados para registrar as obras de arte em ambientes internos ou expostos ao ar livre. Antes, fotos eram permitidas apenas nos jardins.


Para o diretor artístico do Instituto, Rodrigo Moura, é importante considerar as transformações do lugar da fotografia na sociedade desde quando o Inhotim foi inaugurado, há nove anos. “Não faz mais sentido limitá-la, sendo que sabemos que as pessoas desejam fotografar. Assim, nos parece uma excelente oportunidade rever essas normas, para aprender junto com o visitante como explorar o espaço expositivo com a câmera, criando novas maneiras de continuar a experiência do Inhotim para além da visita presencial”, reflete.


Apesar da liberação, ainda existem restrições. Não é permitido o uso de flash, tripé, pedestal ou qualquer outro suporte para câmeras. Sessões de fotos profissionais não estão liberadas.

Conheça o projeto Empty Inhotim: inhotim.org.br/empty.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2010-2016 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil