sexta-feira, 1 de abril de 2016

Fotógrafa é agredida em assalto e tem prejuízo de R$ 10 mil

Silvia Winik trabalhava na praia das Astúrias, no Guarujá (SP). O assaltante agrediu a profissional com socos no rosto e no resto do corpo.

Silvia Winik/Arquivo Pessoal

Uma fotógrafa especializada em imagens de surfe Silvia Winik estava registrando cenas do mar em Guarujá, no litoral de São Paulo, quando foi surpreendida por um assaltante, que levou seu equipamento de trabalho. O prejuízo foi de mais de 10 mil Reais. 

Como faz em todas as manhãs, há mais de 10 anos, Silvia foi às praias de Guarujá. Após fazer as fotos, ela foi abordada por um homem entre a região das Astúrias e do Tombo. “Ele chegou pelas costas e até pensei que fosse um amigo, mas, quando percebi, levantei as mãos e entreguei a bolsa com a câmera”, disse.

Depois de ver que o criminoso não estava armado, Silvia tentou recuperar a bolsa com a câmera, mas foi agredida pelo suspeito. “Ele me bateu muito. Foram socos no rosto e pelo resto do corpo”, falou.

Para não parar de trabalhar, a fotógrafa teve que pegar uma câmera emprestada de um amigo. Além disso, ela conta com a ajuda do namorado para continuar trabalhando. “Sempre acho que tem alguém atrás de mim. Estou traumatizada. Agora, para conseguir fotografar, estou indo com o meu namorado à praia todos os dias”, completou.

As informações dão do portal G1

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2010-2016 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil