segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Fotógrafo documenta os piratas do marfim na Sibéria

No deserto da Sibéria, na Rússia, uma nova "corrida do ouro" está acontecendo, com a invasão dos 'tuskers', caçadores de presas de marfim. Eles se esquivam da polícia e destroem o solo criando minas de marfim ilegais para encontrar presas, chifres e ossos de mamutes e rinocerontes há muito tempo extintos. A demanda por marfim permanece enorme na China e outros países asiáticos, uma vez que o mercado de presas de elefante está cada vez mais reduzido devido aos crescentes esforços pela preservação. A presa de um grande mamute pode valer dezenas de milhares de dólares. O fotógrafo Amos Chapple, trabalhando para Radio Free Europe/Radio Liberty, viajou à região Yakutia, na Rússia, com alguns desses 'tuskers', documentando sua busca, o impacto ambiental, e alguns de seus achados. Veja a história completa.














Fonte: The Atlantic

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2010-2016 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil