sexta-feira, 31 de março de 2017

Empresário encontra equipamento de fotógrafo paranaense assaltado em Alagoas

Alagoas24horas/Reprodução

Um caso inesperado foi registrado na quarta-feira (29), por policiais da Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic), em Alagoas. Um empresário alagoano encontrou equipamentos de um fotógrafo paranaense, que haviam sido roubados no último fim de semana, no Litoral Norte do Estado, e fez questão de devolver. As informações são do Alagoas24horas.

Carlos Antonio, de 38 anos, que também é fotógrafo e empresário do ramo de fotos e filmagens, estava indo à Recife numa viagem de carro nesta segunda-feira, 27, quando parou num posto de combustíveis para usar o banheiro. Na lateral do posto, escondido em meio a vegetações, ele avistou um colete cinza, comumente utilizado por fotógrafos. Ao se aproximar para se certificar encontrou, além do colete, duas malas repletas de equipamentos fotográficos.

“Quando eu vi o equipamento meu primeiro pensamento foi de achar uma sorte incrível, mas logo depois, eu me coloquei no lugar de quem poderia ter perdido e fiz apenas o que eu queria que tivessem feito comigo”, disse o empresário.

Após o espanto do primeiro momento, Calos Antonio disse que sua principal preocupação foi localizar e devolver o equipamento ao dono. Ele encontrou em meio aos equipamento um cartão do fotógrafo paranaense Marcelo Krause. “De imediato eu liguei para ele, mas ele não me atendeu. Ele só me retornou a noite, quando eu expliquei a situação e combinamos dele retornar a Maceió para que eu devolvesse o equipamento”, contou.

Marcelo Krause foi assaltado no último sábado, 25, quando saia de um passeio no Mirante da Praia de Carro Quebrado, no município Barra de Santo Antonio, Litoral Norte do Estado. Ele estava com a esposa quando o carro do casal foi “fechado” por outro veículo, de onde saiu um homem armado, que os rendeu e os obrigou a dirigir até um canavial, onde foram amarrados e abandonados enquanto os bandidos roubavam seus pertences.

“Eles nos obrigaram a ajoelhar, passar tudo o que tínhamos: cartões de crédito, dinheiro, bolsas. Depois eles nos amarraram e disseram que iriam tentar sacar dinheiro e que, caso não conseguissem, voltariam e nos matariam. Depois de um tempo consegui me soltar, aí fomos andando até conseguir pegar carona com um caminhoneiro que nos deixou no posto policial”, relatou o fotógrafo.

Esta era a terceira vez do fotógrafo em Alagoas, que estava aproveitando as férias com a esposa para também fotografar paisagens no Estado e compor o projeto de um livro fotográfico. Após o assalto, as férias foram canceladas e o casal retornou para Curitiba, onde moram. A intenção era não retornar tão cedo para Maceió.

O encontro para que o equipamento fosse devolvido foi marcado para quarta-feira (29), no Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, em Maceió. Após o encontro, fotógrafo e empresário foram até a sede da Deic, no bairro Santa Amélia, para serem ouvidos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2010-2017 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil