sexta-feira, 13 de abril de 2018

Fotógrafo venezuelano vence o World Press Photo 2018

Ronaldo Schmidt

O fotojornalista venezuelano Ronaldo Schmidt, da Agence France-Presse (AFP), foi o grande vencedor do World Press Photo 2018, mais prestigiado prêmio de fotojornalismo do mundo. A foto de Ronaldo retrata o manifestante José Víctor Salazar Balza em chamas, durante os violentos confrontos entre a polícia e os opositores ao governo do presidente Nicólas Maduro, em 2017.

Durante o protesto, um coquetel molotov atingiu uma motocicleta da Guarda Nacional Venezuelana, um manifestante chutou a moto, que então explodiu. Schemidt se virou quando um manifestante próximo foi incendiado, e começou a fotografar imediatamente. Segundo os organizadores do prêmio, o jovem sofreu queimaduras de primeiro e segundo grau, mas sobreviveu.

"Senti o fogo e reagi automaticamente. Levantei a câmera e comecei a tirar fotos de uma explosão. Ainda não sabia o que estava acontecendo, até alguns segundos depois", contou Ronaldo à AFP.

A cerimônia de premiação foi realizada nessa quinta-feira (12), em Amesterdã. Ao aceitar o prêmio, o fotógrafo dedicou a foto a sua família e "a todas as pessoas da Venezuela". Schemidt, de 46 anos, deixou seu país há 18 anos e sua família também sofre com a falta de produtos básicos e a hiperinflação provocadas pela crise no país.

A fotografia de Ronaldo foi selecionada entre 73.044 imagens tiradas por 4.548 fotógrafos de 125 países. Neste sábado (14), acontece no De Nieuwe Kerk, em Amsterdã, a estréia da turnê mundial da exposição do concurso, que reúne mais de 160 fotos de 42 fotógrafos de 22 países. Depois de Amsterdã, a exposição segue para Roma.

via iPhoto

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2010-2018 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil