quinta-feira, 27 de setembro de 2018

Fotógrafa retrata criaturas não nascidas


Em “Important Things”, a fotógrafa Tamara Lischka cria sensíveis retratos de criaturas que não nasceram, lembretes do milagre que é a vida. No passado, seu trabalho manteve seus segredos por perto, literalmente encerrados em espaços criados por dedos enrolados e mãos fechadas. Em sua nova série, no entanto, as mãos finalmente começam a abrir, longos pensamentos e sentimentos sequestrados são examinados e revelados.

Fetos, peixes, lulas - os corpos sem vida dessas criaturas aparecem estranhamente animados, até grotescamente fora do contexto. Porém, as mãos que os sustentam nutrem tanto quanto eles expõem, os dedos curvando-se em torno das formas minúsculas, os levantando suavemente para a luz.

“Quando eu era criança, ocasionalmente encontrei capsulas de ovos de tubarões que haviam sido levadas para a praia. Eu queria abrir as capsulas, para descobrir se os elas realmente continham um bebê tubarão ou não, mas gastaram longos minutos cheios de ansiedade sobre o que eu veria se eu fizesse. O peixe ainda estaria vivo? Será que ele se contorceria ou se mudaria? Tendo destruído o seu refúgio, eu poderia realmente ficar parada lá e observar o feto morrer? Eventualmente, tais pensamentos eclipsaram toda a curiosidade, e então eu sempre coloquei a capsula sobre a areia e deixei-a sem ser perturbada.”


Fonte: LensCulture

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2010-2018 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil