sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Exposição celebra Dia de Reis

Segundo a tradição católica, o dia 6 de janeiro entrou para o calendário como o dia em que três reis magos – Belchior, Baltazar e Gaspar – chegaram à manjedoura onde havia nascido o Menino Jesus e, com presentes, saudaram a chegada do filho de Deus. Apesar de ser uma data intimamente ligada com a maior efeméride do catolicismo – o Natal – e, consequentemente, ao tom solene da igreja, o dia da chegada dos reis magos passou a ser comemorado nas ruas, apropriado pela população e regado a simplicidade e alegria. Os festejos são o tema da exposição “Dia de Reis”, do fotógrafo Élcio Paraíso, que será inaugurada nessa sexta-feira (6) em Belo Horizonte.

Conhecida como folia de reis, a festa tem origem portuguesa, mas, como foi trazida ao Brasil ainda nos primórdios da formação cultural do país, se incorporou de forma definitiva à tradição folclórica brasileira e é patente em diversos estados do país, principalmente em Minas Gerais, no Rio de Janeiro, em Goiás, no Espírito Santo e em São Paulo.

No caso da exposição “Dia de Reis”, o fotógrafo Élcio Paraíso fez um recorte que abrange festas e encontros ocorridos em Belo Horizonte e na região metropolitana nos últimos anos. Ao todo, são 13 imagens impressas em papel especial de algodão no tamanho 20x30cm. “Apesar de registrar manifestações de cultura popular desde o começo da minha carreira como fotojornalista, é a primeira vez que exponho essa vertente fotográfica, que é, por sinal, a mais forte do meu trabalho autoral”, explica Paraíso. Entre as festas registradas, está a folia de reis da comunidade quilombola dos Arturos, localizada em Contagem. “A folia deles não é tão conhecida quanto a festa de Nossa Senhora do Rosário que a comunidade realiza. É um momento mais íntimo. Pouca gente conhece, pouca gente já registrou”, comenta.

Para o fotógrafo, a mostra tem um clima intimista e bem particular. “Eu fotografo festas populares há mais de dez anos, mas nunca tive uma pretensão de fazer dessas fotografias documentos ou relatos históricos. É uma viagem muito pessoal. É um garimpo de imagens que me emocionam”, afirma Élcio Paraíso.

O fotógrafo

Formado em jornalismo, o fotógrafo Élcio Paraíso, natural de São João del-Rei (MG), se especializou em fotojornalismo e por dez anos trabalhou como repórter fotográfico em jornais diários com sede em Belo Horizonte. Já assinou diversas exposições individuais e coletivas, entre elas as séries "Fantasias de Fidel", que passou por três locais diferentes, “Pula fogueira”, exposta na Unicamp, e “Para ouvir com os olhos”, que integrou o Inverno Cultural da UFSJ em 2010. Em seu trabalho autoral, o fotógrafo investe em ensaios e pesquisas que têm como principal foco a cultura popular e a vida urbana. Atualmente, é sócio da Bendita – Conteúdo & Imagem, agência de comunicação voltada para o jornalismo documental.

Abertura: 6 de janeiro de 2012, a partir das 19h
Local: São Benedito Café, Rua Cláudio Manoel, 339, Funcionários
Visitação: de segunda a sexta-feira, das 8h às 19h; sábado, das 9h às 13h.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2010-2016 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil