terça-feira, 11 de junho de 2013

Lartigue em exposição no Instituto Moreira Salles do Rio

Primeira exposição dedicada a Jacques Lartigue no Brasil estreia nesta sexta



Jacques Henri Lartigue (1894-1986) pertencia à alta sociedade francesa da cidade de Courbevoie. Nunca precisou trabalhar e nem de estudar. Aos 8 anos de idade foi presenteado por seu pai com uma câmera fotográfica e até seus 92 anos nunca mais parou de produzir fotografias. Retratou o modo de viver dos ricos franceses desenvolvendo um estilo único. São retratos das viagens de família, atividades esportivas e corridas automobilísticas, uma de suas paixões.

Na próxima sexta-feira (14), acontecerá a abertura da exposição de Jacques Lartigue no Instituto Moreira Salles do Rio de Janeiro. A mostra é composta de 255 peças ao todo, entre retratos, filmes e páginas de diários que registrava neles os momentos de sua vida, seus pensamentos íntimos e indagações. É a primeira dedicada a Lartigue no Brasil

Na noite de abertura da exposição terá o historiador Mauricio Lissovsky, especialista nas relações entre fotografia e história, que fará uma palestra com a participação de Martine d’Astier, do instituto Donation Latiguer, responsável pela curadoria no Brasil.

A exposição de sua obra foi dividida a partir de dois elementos muito presentes em suas fotografias, o ar e a água. Apresenta também aspectos mais técnicos, como as autocromos, processo de fotografia colorida e as estereoscópicas, que permite ter a noção de profundidade espacial, isso revela que Lartigue era um fotógrafo que sempre gostava de se aperfeiçoar e ir em busca de novidades.

Em 1979, Lartigue doou toda sua obra fotográfica ao Estado francês, ele não queria que seu trabalho habitasse um museu mas que que permanecesse vivo e explorado atráves de exposições e projetos mundo afora. Ele conseguiu que fosse criada uma associação de amigos sob a tutela do Estado, a Association des Amis de Jacques Henri Lartigue, dita Donation Jacques Henri Lartigue, que conserva, administra e divulga a obra do fotógrafo no mundo inteiro.

SERVIÇO:

Exposição "Jacques Henri Lartique: a vida em movimento"
Abertura: 14 de junho, às 19 h.
Exibição: de 15 de junho a 15 de setembro de 2013.
Horário: de terça a domingo, das 11h às 20h
Local: Instituto Moreira Salles - Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea- Rio de Janeiro - RJ
Entrada franca - Classificação livre De terça a sexta, às 17h.

Mais informações: (21) 3284-7400/3206-2500

Fonte: IMS

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2010-2016 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil