quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Como identificar equipamentos adulterados ou falsificados?

Parte 1 - Adulterações e falsificações em câmeras

O mercado de equipamentos fotográficos adulterados ou falsificados está crescendo e adotando novas estratégias e técnicas. Este tema é complexo pois os criminosos estão constantemente evoluindo as técnicas de adulteração, e também por envolver não apenas as câmeras, mas por ter inclusive lentes e cartões de memória adulterados ou ilegítimos.


Nesta primeira parte discutiremos as adulterações/falsificações em câmeras e como evitá-las. Na segunda parte serão abordadas as adulterações nas lentes e outros acessórios, como cartões de memória e filtros polarizadores, bem como identificá-los. 

Recentemente a Nikon anunciou que alguns de seus modelos estão sendo vendidos com "o corpo" alterado, ou seja, uma D800 é vendida como sendo uma D800E, por exemplo. Trata-se de uma falsificação discreta, digamos assim, de tal modo que você estará de fato levando uma Nikon, porém uma de preço inferior ao que você pagou e acredita estar manuseando. Uma forma de evitar isso é conferir o real modelo da câmera no visualizador de imagens fotografadas. A figura abaixo mostra onde se localiza essa informação nas câmeras Nikon:

É sempre importante conferir o real modelo da câmera nos detalhes das fotografias tiradas
Isso não tem ocorrido apenas com câmeras da Nikon. A Canon também alerta a seus usuários que câmeras com sua marca estão sendo vendidas com o "maquinário interno" ilegal, que seriam destinados a alguns países para assistências, mas são montadas e vendidas como novas em outros países. Neste caso especificamente, não se trata de falsificação, mas de uma ilegalidade, ou seja, não tem garantia nem assistência técnica autorizada. Na imagem abaixo, a Canon informa que o serial é falso, alertando aos usuários que sempre busquem validar os seriais.

Canon 5D Mark III com serial falsificado
Outra técnica comum empregada por alguns vendedores maliciosos é vender câmeras remodeladas (refurbished) como sendo novas. Tratam-se de câmeras que foram reparadas por algum motivo e são postas a venda por um preço inferior que uma realmente nova, mas que podem ser compradas por um vendedor que tenha a intenção de vendê-la como nova. Há também câmeras marcadas como remodeladas por terem sido devolvidas pelo comprador, sem necessariamente implicar em defeitos. Uma forma de verificar se o equipamento é remodelado é observando-se  a etiqueta no fundo, onde consta o serial. As autorizadas marcam um pequeno furo representando que aquele produto é remodelado (refurbished), conforme a imagem abaixo:

Pequeno furo ao lado direito superior indica que o produto é refurbished

Como evitar a compra de câmeras fotográficas falsificadas?

Algumas dicas podem ser seguidas, mas é importante salientar que a observação detalhada facilita identificar possíveis falsificações, mas não garante por si só 100% de detecções. O local da compra e a reputação da empresa/do vendedor também é um importante item a ser analisado. De forma resumida, abaixo temos uma lista para auxiliar nas detecções:
  1. Verifique a caixa/embalagem. Devem possuir o mesmo serial que está na câmera;
  2. O manual de instruções deve ter boa qualidade de impressão;
  3. O cartão de garantia deve estar bem impresso e sem erros de escrita;
  4. O modelo da câmera deve constar no fundo do corpo da câmera; se constar um pequeno furo nessa etiqueta, indica que a câmera é recondicionada (refurbished);
  5. O serial também deve constar no fundo do corpo da câmera e deve ser o mesmo da caixa;
  6. A área de montagem da lente deve ser bem acabada, sem rebarbas;
  7. "Fique atento" a etiquetas com seriais "coladas" sobre alguma outra informação.

Se você tem outras dicas que facilitam na identificação, compartilhe conosco nos comentários.

No próximo post sobre o assunto trataremos sobre falsificações/adulterações nos acessórios, como flash, lentes e cartões de memória.

Fontes: PetaPixelEbay UK, TechRadar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2010-2016 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil