quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Sun City, A Cidade do Sol

O fotógrafo austríaco Peter Granser registrou a mais antiga comunidade de idosos dos Estado Unidos


Como estas fotos do fotografo austríaco Peter Granser vão atestar, a mais antiga comunidade de idosos americanos é a antítese de lugar selvagem. Não há ervas daninhas nas rachaduras das calçadas ou nas cuidadas extensões de seus campos de golfe de 18 buracos. Os pequenos troncos das laranjeiras azedas são literalmente pintados (branco, contra o calor excessivo) e se você passear pelas ruas às oito da noite, tudo que vai ouvir é o zumbido de centenas de ar condicionados. Todos estão dentro de casa reunindo forças para lutar contra a mais crônica e brutal força da natureza, a decadência humana.

No fresco amanhecer orvalhado eles estarão lá novamente – em antigas bicicletas Schwinn, transportando pequenos e trêmulos Chihuahuas nas cestinhas, ou ao contrário, andando lentamente. Há um homem com 87 anos que se vira bem com seu skate, e quando eu visitei um ensaio dos dançarinos de sapateado, arrumadas no estilo Rockette, a turma toda se virou para mim, sapateando e sorrindo tão calorosamente que eu tive a enervante sensação de que 16 septuagenárias bronzeadas estavam me paquerando de uma vez só.

Este brilho sempre foi a marca registrada de Sun City. Quando o incorporador Del Webb construiu 27,000 casas aqui em 1960, quando deixar a força de trabalho muitas vezes significava pendurar a maleta e esperar a morte chegar, ele imaginou “Um novo estilo de vida ativo” como a canção do anúncio dizia. Desde então, seus sucessores continuaram a pregar o evangelho da energia, para grande efeito econômico. A Del Webb Corp tem agora 15 comunidades em todo o país, e pelo menos 10% de todos os americanos com mais de 70 anos atualmente vive em comunidades isoladas pela idade.

É claro que não precisa ser gênio para saber que lugares que barram jovens (menores de 55, no caso de Sun City) são, essencialmente, salas de espera para o Além-túmulo. Del Webb tem seus críticos. Em um livro recente, Prime Time, o escritor Marc Freedman argumenta que a aposentadoria não deveria tirá-los de circulação, mas deveriam ao contrário permanecer em comunidades de idades diversas para dividir sua sabedoria através de voluntariado. Outros são mais mordazes. Quando eu mostrei essas fotos a um amigo, ele rejeitou Sun City como desagradavelmente arrumado.

Meu amigo não entendeu. O que Peter Granser fez aqui foi celebrar, com os olhos de um estrangeiro, uma distinta esperança americana. As pessoas nessas fotografias são crentes. Eles são do meio-oeste, muitos deles, e eles puseram seus 40 anos na empresa de seguros (loja de equipamento, fábrica de pneu) e pegaram o relógio de ouro e então se mudaram para os arredores de Phoenix determinados a aproveitar os anos de lazer que ganharam completamente.



Fonte: LensCulture | Texto: Bill Donahue | Tradução: Ana Paula Lepsch

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2010-2016 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil