segunda-feira, 30 de março de 2015

Fotógrafo revela o trabalho de cortadores de cana na Bahia

Em suas andanças pelo Recôncavo Baiano, o fotógrafo Marcio Pimenta registrou as condições de um grupo de trabalhadores rurais cortadores de cana.

Para evitar maiores temperaturas, o trabalho começa antes mesmo do Sol nascer e exige movimentos repetitivos, a céu aberto, sob calor, na presença de fuligem, poeira e fumaça, por um período que varia entre 8 e 12 horas. A expectativa de atividade no trabalho do corte da cana-de-açúcar é de 12 anos, similar a que tinham os escravos no período colonial. Sozinho, um trabalhador chega a corta 15 toneladas de cana por dia, com um renda média de 80 Reais diários.









Fonte; El País

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COMUNICAR ERRO

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2010-2016 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil