sábado, 19 de abril de 2014

What The Duck #239

© 2007 Aaron Johnson - Tradução: Cid Costa Neto

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Promoção: "Seu Pet Fotógrafo"


Há exatamente 3 anos, o Resumo Fotográfico publicava a primeira tirinha do What The Duck em português. Desde então, somos o único site a fazer a tradução e publicação na integra dessa divertida obra de Aaron Johnson.

Para celebrar o aniversário do nosso patinho fotógrafo em terras tupiniquins, estamos lançando uma promoção em que o vencedor vai levar pra casa nada menos do que o próprio What The Duck (de pelúcia, claro). Para concorrer, basta enviar uma foto do seu animal de estimação atuando como fotógrafo, assim como nosso patinho favorito.

REGULAMENTO:
  • A participação é aberta a qualquer pessoa residente em território brasileiro. 
  • Cada participante poderá enviar apenas uma imagem.
  • Não há restrições em relação à técnica fotográfica utilizada.
  • As foto deve ser enviada por e-mail (contato@resumofotografico.com) com o campo assunto preenchido com "Promoção: Seu Pet Fotógrafo" e no corpo da mensagem, nome e endereço completos.
  • O arquivo da foto deve ser no formato JPG, em tamanho compreendido entre 1000 e 1200 pixels no lado maior.
  • O júri será formado por colaboradores do RESUMO FOTOGRÁFICO. Serão avaliadas a qualidade técnica, criatividade e pertinência com o tema.
  • As inscrições podem ser feitas até o dias 30 de maio e o resultado será divulgado no dia 4 de junho de 2014.
  • O participante, ao inscrever sua obra, assume, particular, pessoal e exclusivamente, toda e qualquer responsabilidade, civil e/ou criminal, relacionada com pessoas, animais e/ou objetos retratados nessa obra, decorrentes da concepção, criação ou divulgação da imagem inscrita, excluindo de tais responsabilidades ao RESUMO FOTOGRÁFICO, seu editor, seus colaboradores, parceiros, apoiadores e patrocinadores.
  • Todo participante, ao inscrever sua obra, autoriza as publicações dela, a título gratuito, em todo e qualquer procedimento relacionado com a promoção do concurso, seja através da imprensa escrita, mídias audiovisuais, ou por qualquer outro meio de divulgação existente.

Fotógrafos do New York Times vencem o prêmio Pulitzer

Na última segunda-feira (14), os repórteres fotográficos Tyler Hicks e Josh Haner, ambos do jornal The New York Times conquistaram as duas categorias de fotojornalismo do prestigiado prêmio Pulitzer nas categorias “Breaking News” e “Fotografia”, respectivamente.

“É o reconhecimento de que nosso fotojornalismo está no mesmo nível de qualidade da reportagem do New York Times, que é a melhor do mundo.” - comemorou Michelle McNally, editora-assistente de fotografia do jornal.

Tyler Hicks levou seu prêmio pela cobertura do ataque terrorista a um shopping em Nairóbi, no Quênia, em setembro do ano passado. Sessenta e sete pessoas morreram e 170 ficaram feridas. O fotógrafo estava numa loja próxima ao shopping quando o ataque ocorreu e seguiu para o local, acompanhando o trabalho de evacuação das forças de segurança. Segundo o anúncio do Pultizer, Tyler demonstrou “conhecimento e bravura ao documentar o desenrolar do ataque”.


Nascido em São Paulo e criado nos Estados Unidos, Tyler tem 44 anos e vive em Nairóbi. É casado com a também fotojornalista Nichole Sobeki e em 2009 estava na equipe do Times que conquistou o Pulitzer de reportagem internacional, pelo trabalho de cobertura no Afeganistão e no Paquistão.



Fonte: PhotoChannel

terça-feira, 15 de abril de 2014

Pentax 645Z

   A Ricoh, atual detentora da marca Pentax, anuncia o lançamento de sua nova câmera de médio-formato, a Pentax 645Z. Com um novo sensor CMOS e resistente a água e baixas temperaturas, torna-se o modelo ideal tanto para uso em estúdio quanto em locações externas.
Pentax 645Z/Divulgação
   A Pentax 645Z é equipada com sensor CMOS de 51.4 megapixels medindo 44x33mm; corpo em liga de magnésio sobre um chassis de alumínio; possui 27 pontos de autofoco (sendo 25 pontos cruzados); sensibilidade ISO 100-204800; o tempo de exposição varia entre 1/4000 e 30 segundos, incluindo modo bulb; monitor LCD inclinável de 3.2 polegadas; modo contínuo de até 4.5fps limitado a 100 JPEG, 25 RAW ou 15 TIFF; faz vídeos Full HD com taxa de 60fps entrelaçados ou 30fps progressivos em formato MOV; é alimentada por bateria capaz de fazer 700 fotos; e possui duplo slot para cartão SD e é compatível com FLUCARD (mídia de armazenamento no formato SD dotada de wi-fi).
Pentax 645Z/Divulgação
   O corpo da Pentax 645Z possui 76 áreas de selamento contra respingos e teve seu preço inicial estipulado em 8500 dólare estando disponível a partir de junho. Também foi anunciada a venda no Reino Unido de um kit contendo uma objetiva 55mm ao custo de 7700 libras.

Fonte: Ricoh-Imaging

Fotógrafo de Roraima registra fenômeno da 'Lua de sangue'

Fotógrafo registrou as fases da lua desde as 2h até as 5h (Foto: Jorge Macêdo)

Apesar do tempo nublado em Roraima foi possível contemplar o eclipse lunar, ou a 'Lua de sangue', na madrugada desta terça-feira (15). Usando equipamentos especiais o fotógrafo Jorge Macêdo registrou o fenômeno que ocorreu entre 2h e 5h [horário local].

"Soube no dia anterior que teríamos um eclipse. Então fiquei alerta, olhando para o céu sempre achando que ia ser difícil visualizar o eclipse por causa das nuvens. As 2h10 vi a lua saindo do meio das nuvens e peguei a câmera com uma lente 400 mm, um tripé e comecei a fotografar alternando a velocidade, as aberturas e o ISO", disse, acrescentando que todo o processo levou mais de três horas.

O eclipse visto em todo o continente americano foi o primeiro de uma série de quatro eclipses lunares que devem ocorrer, aproximadamente, a cada seis meses e se repetirão apenas sete vezes neste século. O próximo eclipse total está previsto para o dia 8 de outubro.

De acordo com a professora e mestre em física Melanie Truquete, o fenômeno é um eclipse lunar total que ocorre quando a Lua passa pela sobra umbral da Terra, que bloqueia a luz do Sol e impede de chegar à Lua.

"A fase total de um eclipse lunar é interessante e bela, precisamente por causa do efeito de filtragem e refração na atmosfera da Terra, quando a Lua fica completamente dentro da sua sombra umbral, a luz solar indireta ainda consegue iluminá-la, porque os raios do Sol que atingem a atmosfera da Terra serão refratados. Eventos como esse são extraordinários para se contemplar", explicou.

Texto do G1 RR

Postagens por categoria

 
Copyright © 2010-2014 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Rua da Bahia, 1148, sala 740 - Belo Horizonte, MG