segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Masterclass “Corpo Instantâneo”, com Gal Oppido


Na masterclass “Corpo Instantâneo”, que será realizada durante o festival Paraty em Foco, Gal Oppido revela seu processo criativo e ajuda os participantes a buscarem os seus próprios caminhos. Expõe os processos e conceituação dos ensaios, com imagens e vídeos que ilustram o percurso. Discute o rito fotográfico: o trânsito/transe entre a leitura da cena tridimensional, panorâmica e cinética para a imagem encerrada no espaço bidimensional, geométrico e estático. A fotografia e sua estruturação enquanto construção: a luz e o espaço como conteúdo.

​O fotógrafo ainda apresenta o projeto CROSS, que desenvolve desde 2010, criando leituras em foto e vídeo a partir de um mesmo conteúdo gerado por performers, músicos, coreógrafos, arquitetos, poetas e repentistas. Inclui ainda uma sessão fotográfica com performer.

Inscrições no site do evento.

SERVIÇO

Masterclass “Corpo Instantâneo”, com Gal Oppido
Data: dia 17 de setembro
Horário: 9h às 12h e de 14h às 16:00
Valor: R$ 200,00
Informações: jacqueline.paratyemfoco@gmail.com

domingo, 28 de agosto de 2016

Pessoas comuns vs. Fotógrafos

Projeto mostra o quão diferente o mesmo local pode parecer

Recentemente, o usuário do reddit 2manyToys está chamando a atenção de alguns fotógrafos profissionais com algumas fotos que mostram as diferenças entre as pessoas comuns e fotógrafos profissionais.

As fotos mostram que os fotógrafos podem tornar um lugar comum em um lugar mágico pensando na luz certa, no ângulo e também um pouco de edição de fotos, tornando aquela imagem simples em uma fotografia inesquecível. Confira!





Fonte: Zupi

sábado, 27 de agosto de 2016

Mostra fotográfica revela os impactos da tragédia de Mariana

Podemos viver juntos? Perguntam os rios Gualaxo do Norte, rio do Carmo, rio Doce, as árvores, os peixes e todo o ecossistema de Bento Rodrigues ao Atlântico. Dele, fazemos parte.

A exposição “Podemos Viver Juntos?”, do fotógrafo Max Perdigão, é composta por imagens do desastre ambiental de Mariana e faz um recorte sobre a situação dos rios e da vegetação entre Bento Rodrigues e Rio Doce, oito meses após o desastre. A proposta é fazer um questionamento do ponto do vista do meio ambiente.

O trabalho faz parte do circuito cultural da VIII SCAP – Semana da Ciência, Arte e Política, que acontece todos os anos na última semana de agosto no campus São Gabriel da PUC Minas.

A SCAP tem como objetivo a formação geral da comunidade acadêmica e a integração com a comunidade externa por meio da articulação entre ensino, pesquisa e extensão no debate de temas contemporâneos. Este ano o tema da SCAP é “Podemos é Viver Juntos”. A SCAP é aberta ao público e a entrada é gratuita.

Max Perdigão é natural de Belo Horizonte e tem atração pela fotografia de natureza e de paisagens urbanas. Tem formação em Arquitetura e Urbanismo e é professor do departamento de Engenharia Civil da PUC Minas.

SERVIÇO

Exposição "Podemos Viver Juntos?"
Abertura: 29 de agosto às 19 horas
Período: de 29 de agosto a 3 de setembro de 2016
Horário: de segunda a sexta das 8:30 às 22:30 – sábado das 8:30 às 14:00
Local: Teatro da PUC Minas São Gabriel – Anel Rodoviário Km 23,5 - Rua Walter Ianni, 255 - São Gabriel - Belo Horizonte - MG
Informações: (31) 3439-5252 | www.pucminas.br/scap2016


Postagens por categoria

 
Copyright © 2010-2016 Resumo Fotográfico. Termos de uso.
Belo Horizonte, MG - Brasil